Mais
×

10 dicas para escolher um animal de estimação

Qual animal de estimação é ideal para sua família? Especialistas ajudam a decidir
Getty Images

Introdução

Adotar um novo animal de estimação deve ser uma experiência emocionante e gratificante. Mas assim como todas as famílias são diferentes, também são os animais de estimação. Saiba o que considerar antes de aventurar-se a encontrar o seu novo membro peludo (ou escamoso, de concha ou com brânquias) da família.

Compromisso de tempo
Getty Images

Compromisso de tempo

Todos os animais de estimação precisam do tempo de seus donos, mas KC Theisen, diretor de problemas no cuidado de animais da The Humane Society (Sociedade Humana) dos Estados Unidos, diz que a quantidade de tempo é, principalmente, o que a equipe de sua organização pede que as pessoas considerem quando pensam em adotar. "Se você adotar um gato de 8 anos de idade, ele não vai precisar do mesmo cuidado que um filhote de cachorro de 9 semanas de idade", diz Theisen.

Níveis de atividade
Getty Images

Níveis de atividade

Assim como namorar e encontrar o parceiro perfeito, você quer um animal de estimação que reflita seus interesses e níveis de atividade. Especialmente se você quiser um cão, "considere os níveis de atividade na família", diz Theisen. "Se você adora um sofá, se é uma pessoa caseira, procure um animal de estimação que corresponda a esse nível de atividade".

Confinamento
Jupiterimages/Polka Dot/Getty Images

Confinamento

Alguns cães, como dálmatas e terriers, podem latir alto, ser indisciplinados e exigir um estilo de vida mais ativo. Eles podem não se encaixar tão bem em apartamentos ou outras situações de confinamento quanto raças mais sedentárias, como buldogues e bassês. A Humane Society dos Estados Unidos recomenda que os donos em potencial pesquisem em livros e sites e conversem com outros donos de animais quando estiverem considerando que raças combinam bem com seu ambiente doméstico.

Veja seu comportamento
Jupiterimages/Polka Dot/Getty Images

Veja seu comportamento

Theisen diz que abrigos de animais estão avançando no "perfil de estimação" - combinando animais com seus futuros donos. A experiência do abrigo pode afetar o comportamento de um animal, mas Theisen diz que os donos em potencial devem ir além do primeiro instinto de fofura e observar como os animais interagem com eles. "Há cães que saltam para a porta para conhecê-lo", diz Theisen. "E há cães que ficam lá com seus olhos tristes - você sabe que não vão ser cães com muita energia".

Orçamento
Getty Images

Orçamento

Adotar um animal de estimação também significa comprometer-se a pagar por sua comida, água, exames veterinários e outras necessidades. Os custos de cuidados com os animais variam. A ASPCA relata que os cães têm um custo de cuidados médio anual entre R$ 2.600 e R$ 3.200 - e esse cálculo não inclui coisas como recolocar a grama no quintal depois que Fido fizer uma caça ao tesouro. "Mesmo um porquinho da índia tem algum investimento real envolvido, como comprar uma boa gaiola e dar assistência veterinária regular", diz Theisen.

Compromisso de vida
Getty Images

Compromisso de vida

Alguns animais de estimação exóticos, como tartarugas e papagaios, têm uma expectativa de vida que significa que eles provavelmente irão sobreviver mais que cães e gatos - e até mesmo que seus donos humanos. Eles também podem crescer muito mais que quando você os adotou. Os donos devem aceitar que suas vidas irão continuar para adaptar esses animais e também se preparar para o futuro deles.

Regras do locatário
Getty Images

Regras do locatário

Locatários e proprietários de apartamentos em um condomínio devem considerar as regras do imóvel antes de adotar um animal de estimação, mas devem tentar mostrar que algumas regras quanto a animais de estimação podem ser alteradas. "Não finja e esconda um animal de estimação", diz Theisen. "E eduque os proprietários de que limitar as políticas de animais de estimação com base em coisas estranhas, como o tamanho ou peso de um cão, não é necessariamente a melhor forma de garantir que todos os moradores serão ótimos donos de animais".

Crianças
Liz Banfield/Workbook Stock/Getty Images

Crianças

Theisen encoraja famílias com crianças a adotar um animal de estimação como uma forma de ensinar responsabilidade, mas todos os animais necessitam de cuidados diários. No mínimo, haverá dias ou semanas em que a criança não conseguirá cuidar de seu animal de estimação novo, e os pais terão de entrar em cena. Com bebês e crianças muito jovens, que podem machucar acidentalmente um animal de estimação (ou serem machucados por um), ela diz, "os pais precisam entender que a menos que possam supervisionar cada segundo, então, sim, provavelmente os peixes são a melhor escolha".

Alergias
Getty Images

Alergias

Se essa é a primeira experiência de sua família com animais de estimação, é aconselhável fazer um teste de alergia. "Visite um abrigo e fale com o seu médico", diz Theisen. "Visite animais de estimação. Veja se você sente alguma reação. Se você sentir e ainda quiser adotar, fale com seu médico sobre como você pode administrar as alergias".

Seja voluntário
Thinkstock/Comstock/Getty Images

Seja voluntário

Ainda não consegue decidir qual animal de estimação é bom para você e sua família? Considere voluntariar-se em abrigos locais de animais ou abrigue animais até que eles possam encontrar casas permanentes. Isso vai expor sua família a animais e permitir que vocês decidam juntos qual é adequado para todos.