Mais
×

10 dicas para ser um professor de sucesso

Ser um bom professor pode ser o trabalho mais gratificante e emocionante do mundo. No entanto, ser um professor que não trabalha de forma eficaz pode ser estressante, doloroso e desgastante. O sucesso no ensino, como na maioria das áreas da vida, depende quase inteiramente da sua atitude e abordagem. Aqui estão algumas ótimas dicas para ser o melhor professor possível.

Veja algumas dicas para se tornar um bom professor (Jetta Productions/Digital Vision/Getty Images)

Tenha senso de humor

Um pouco de senso de humor pode ajudá-lo a se tornar um bom professor. Ele pode aliviar a tensão nas situações em sala de aula, antes que elas se tornem perturbações. Uma pitada de humor também pode fazer as aulas ficarem mais agradáveis para os seus alunos e possivelmente fará com que eles queiram assistir à aula e prestar mais atenção. Mais importante ainda, um senso de humor permitirá ver a alegria na vida e fazer de você uma pessoa mais feliz, à medida em que avança nesta carreira, por vezes estressante.

Deixe os alunos perceberem que você também é humano (Pixland/Pixland/Getty Images)

Seja positivo

Uma atitude positiva é um grande trunfo na vida. Você receberá muitos puxões de orelha da vida, especialmente na profissão de professor. A sua atitude pode ajudá-lo a lidar com estas situações da melhor maneira possível. Por exemplo, você pode encontrar pela frente uma classe barulhenta ou alunos desrespeitosos. Essa não é a situação ideal, mas um professor com a atitude correta tentaria focar-se na melhor solução sem impactar negativamente os alunos.

Uma boa atitude ajuda a diminuir o estresse e a acalmar a classe (Creatas/Creatas/Getty Images)

Tenha grandes expectativas

Um professor eficaz deve ter grandes expectativas. Faça um esforço para elevar o nível dos seus alunos. Ao esperar menos esforço, você vai receber menos esforço. Deve-se estar seguro de que seus alunos consigam alcançar suas expectativas, dando a eles um sentimento de confiança também. Isso não quer dizer que você deve criar expectativas irreais. No entanto, sua expectativa será um dos fatores-chave para ajudar os alunos a aprenderem e alcançarem os objetivos.

Faça com que seus alunos se esforcem (Jetta Productions/Photodisc/Getty Images)

Tenha consistência

A fim de criar um ambiente positivo de aprendizagem, os alunos devem saber o que esperar do professor a cada dia. Você precisa ser consistente. Isso criará um ambiente de aprendizagem seguro para os alunos e eles estarão mais propensos a ter sucesso. É incrível que os alunos possam se adaptar aos professores ao longo do dia. No entanto, eles não gostam de um ambiente em que as regras mudam constantemente.

Deixe os alunos seguros de quem você é (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Seja imparcial

Muitas pessoas confundem justiça e consistência. Um professor consistente é a mesma pessoa do dia a dia. Um professor justo trata igualmente os estudantes nas mesmas situações. Por exemplo, os alunos queixam-se de injustiça quando os professores tratam um gênero ou grupo de alunos de forma diferente. Alunos percebem isso muito rapidamente, por isso tenha cuidado para não ser rotulado de injusto.

Procure ser justo com os alunos (Jetta Productions/Digital Vision/Getty Images)

Seja flexível

Um dos princípios do ensino deve ser que tudo está em constante estado de mudança. Interrupções e perturbações são comuns no dia a dia e poucas vezes os alunos agem de forma diferente. Portanto, uma atitude flexível é importante não só para o seu nível de estresse, mas também para os seus alunos, que esperam que você seja responsável e assuma o controle de qualquer situação.

Assuma o controle da classe (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Seja o exemplo

É importante que você seja o super-herói dos seus alunos. Lembre-se de que eles irão imitar o seu comportamento. Se você for grosseiro ou inapropriado, eles terão um exemplo errado de comportamento. É vital que os alunos vejam o professor como uma pessoa confiante, para que sigam a sua liderança e se sintam confortáveis ao confiar em você. Alunos de todas as idades precisam de alguém em que possam se apoiar, seguir e confiar.

Os alunos se espelham em professores (Comstock Images/Stockbyte/Getty Images)

Seja compreensivo

Grandes educadores formam bons relacionamentos com seus alunos e mostram que se preocupam com eles como pessoas. Eles são amigáveis, acessíveis, entusiastas e carinhosos. Esteja aberto para permanecer na escola após o expediente, para ajudar os alunos, ou se envolver em comitês e atividades em toda a escola. Assim, seus alunos também vão criar um compromisso com a escola.

Envolva-se com os alunos de forma amigável (Jack Hollingsworth/Digital Vision/Getty Images)

Tenha um objetivo

Esteja seguro do conteúdo que você irá ensinar. Se estiver planejando uma aula, esta é a parte principal. O que gostaria que os alunos aprendam dessa lição? Se o objetivo for profundo e refletir o que você realmente deseja que os alunos aprendam, isso será refletido na aula. Faça perguntas básicas sobre os pontos principais da aula e deixe claro o que parece confundir os alunos. Se você não souber responder alguma pergunta, envolva-se com os alunos na busca das respostas. Entenda que todos os tópicos dos livros têm alguma aplicação prática. Não se esqueça de apontar a importância disso.

Entenda o motivo da aula (Jack Hollingsworth/Digital Vision/Getty Images)

Prepare as aulas

Tenha um plano sólido para as aulas. Procure dividir cada lição em três partes simples, que reflitam seu objetivo. A primeira parte deve ser a “palestra” da aula, onde você ensina algo novo para os alunos. Permita que eles façam perguntas. Dedique a segunda parte para algo que envolva algum elemento de trabalho em grupo e discuta com os alunos as diferentes opiniões. A parte final das aulas deve ser quando os alunos trabalham em silêncio em alguma tarefa final, como questões simples ou desenhos relacionados com o que eles aprenderam. Esta é a parte onde os alunos procuram entender o conteúdo por conta própria.

Esteja preparado e compreenda a matéria das aulas (Nick White/Digital Vision/Getty Images)
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article