×
Loading ...

As 10 melhores universidades de moda do Brasil

O mercado da moda não para de crescer no Brasil. Segundo dados do Ibope, foram consumidos R$ 129 bilhões em roupas apenas em 2013. Além disso, a indústria da moda é a segunda que mais emprega no Brasil. Ao todo, são 1,65 milhões de profissionais atuando no ramo, de acordo com dados da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecções (ABIT). Para quem gosta do assunto e sonha em construir uma careira na área, a boa notícia é que temos bons cursos e os futuros profissionais têm boas oportunidades sem precisar sair do Brasil. O estado de São Paulo é o principal fabricante de vestuário do País, com mais de 10 mil empresas que atuam nos mais variados segmentos. Porém, não é só lá que existem oportunidades. O futuro estudante de moda também pode contar com boas universidades, no nível bacharelado e tecnológico em várias partes do Brasil. Confira a lista das dez melhores universidades de moda no Brasil.

O Brasil é um celeiro de bons cursos que capacitam profissionais prontos para atuar no mercado de moda, um dos que mais emprega no País (Berc/iStock/Getty Images)

Universidade Anhembi Morumbi (SP)

Com padrão internacional reconhecido, a Universidade Anhembi Morumbi tem o curso de Design de Moda (nível bacharelado) focado em dois mercados distintos: design e negócios. O curso voltado para design habilita o aluno para a pesquisa, criação e elaboração de produtos na área de confecção e têxtil. Ele dá ênfase na moda como uma expressão cultural e busca a evolução do aluno como designer de moda. Já o curso focado nos negócios prepara o aluno para atuar no ramo no sentido mercadológico, com desenvolvimento de comunicação e cultura da moda com uma visão estratégica e empreendedora do mercado.

Loading...

Senac/SP

O tradicional Senac de São Paulo abriga cursos que vão da graduação aos técnicos. O curso de graduação tem duração de quatro anos e forma profissionais de moda, estilo e modelagem para atuarem no mercado. O ingresso na pós-graduação só é permitido aos portadores de diploma e as aulas ocorrem de forma presencial. São várias especializações, como Criação de Imagem e Styling de Moda, Modelagem e Moulage no Processo de Criação e Negócios da Moda. Já o curso de extensão universitária é o Coolhunting: Reconhecimento de Padrões e Estratégias é destinado aos estudantes que estejam cursando o ensino superior. Os cursos livres são de curta duração e são para pessoas acima dos 16 anos, nas mais diversas áreas. Enquanto isso, o técnico habilita profissionais para prestar assessoria na pesquisa e criação da imagem de moda, a propor estratégias de visual merchandising relacionadas às ações de marketing de determinada marca. Para esse nível, é necessário estar cursando o ensino médio e possuir mais de 16 anos de idade.

Faculdade Santa Marcelina (Fasm)/SP

É o primeiro curso de graduação de moda no Brasil, fundado há mais de 25 anos, em São Paulo. A faculdade já formou profissionais na área que hoje são famosos nacional e internacionalmente, como o estilista Alexandre Herchcovitch. Um dos destaques da instituição é a realização, ao final do curso, do Fórum de Moda, evento onde os alunos que mais se destacam têm a possibilidade de desfilar suas coleções para grandes nomes do mundo da moda. O objetivo é preparar o aluno para atuar em diversos ramos: diretores de criação e coleção, designers, estilistas e gerentes de produtos. Também traz em sua matriz curricular disciplinas como Desenho de Moda, Linguagem da Moda, História da Arte e Fotografia. O curso completo possui duração de quatro anos.

Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc)/SC

Com o curso desde 1996, a Udesc de Santa Catarina capacita os profissionais no curso de bacharelado em Moda – Habilitação em Design de Moda. O profissional pode trabalhar na área de confecção, indústria têxtil, desenho de moda e estilismo. O aluno pode aliar teoria e prática, com disciplinas voltadas para o desenho, história da moda, estética, modelagem, corte e costura, entre outros. A universidade é pública e o curso tem duração de quatro anos.

Universidade Federal do Ceará (UFC)/CE

O Ceará é considerado o 2º polo em fabricação têxtil no Brasil. A sua universidade federal oferece o curso de Design de Moda, com foco no Estilismo e Moda, duração de quatro anos. Ele está estruturado em um currículo vasto, que contempla áreas distintas da moda: Gestão do Projeto, História e Pesquisa de Moda, Linguagem Visual, Tecnologia Têxtil e de Confecção e Negócios de Moda. Um dos diferenciais do curso é o "Bolsa Arte", um projeto de extensão que oferece oficinas gratuitas e focadas em Ilustração para a Moda.

Universidade Federal de Goiás (UFG)/GO

A Universidade Federal de Goiás oferece o curso de graduação na área de moda focando a indústria moderna e o seu importante papel socioeconômico e cultural. Os profissionais são habilitados para trabalhar nas mais diversas áreas da moda, como designer de vestuário e joias, estilista, consultor, vitrinista, pesquisadores, designer ou organizador de eventos. Outras áreas que o curso contempla é a comunicação, onde o profissional pode trabalhar em televisão, rádio, jornal, revistas e internet ou em programas especializados no assunto. As aulas têm duração de oito semestres.

Universidade Estadual de Londrina (UEL)/PR

A Universidade Estadual de Londrina oferece o curso de Design de Moda. A graduação aborda desenho e confecção de roupas e consultoria de moda. Através de aulas teóricas e práticas, os alunos estudam modelagem manual e computadorizada, semiótica, desenho e história da moda, marketing, comunicação, empreendedorismo, entre outros. O curso dura de quatro a oito anos.

Senai/RJ

O Senai, unidade do Rio de Janeiro, possui qualificações ligados à moda e específicas para que o profissional atue nas área de confecção têxtil e vestuário. Elas são divididas em aprendizagem e qualificação profissional. O nível aprendizagem é um complemento às atividades, com duração máxima de dois anos, destinados aos jovens de 14 a 24 anos, contratados como cotistas pelas empresas. As vagas estão disponíveis no Curso de Modelista e de Tecelão de Fitas e Tecidos Planos. Ambos exigem o ensino fundamental completo para o ingresso de novos alunos. Já o curso de Operador de Máquinas de Corte de Roupas é destinado para qualificação profissional e prepara para uma ocupação no mercado de trabalho. Ele é focado em pessoas que já atuam ou que desejam entrar no mercado como figurinista e que tenham habilidade em desenho e costura. Apesar das unidades Senai possuírem polos no Brasil inteiro, o Rio de Janeiro se destaca pela sua indústria e mercado de trabalho que busca esse tipo de profissional.

Universidade Feevale/RS

O curso de Moda da Feevale, o primeiro nível bacharelado do Rio Grande do Sul, propõe e incentiva o desenvolvimento de uma postura flexível, criativa, ética e autônoma para atuação em diferentes áreas da moda. O curso oferece aulas com duração de quatro anos. A universidade é privada e proporciona uma vasta prática e estágios na área de moda, possibilitando que o aluno inicie cedo o contato com o mercado de trabalho. Como optativas, oferece ainda disciplinas de design de joias, calçados, produção de eventos de moda e varejo, por exemplo.

Centro Universitário Belas Artes de São Paulo (Belas Artes)/SP

A tradicional escola de moda de São Paulo abriga um dos cursos mais procurados do País, por isso o seu vestibular para o curso de Design de Moda é bem concorrido. Fundada há mais de 80 anos, a faculdade atua no ramo da moda com cursos de graduação, pós-graduação e outras modalidades. A faculdade possibilita que o aluno atue em outras áreas além do estilismo, como nas áreas de gestão, design de superfícies, estamparia e editorial, por exemplo. O curso possui duração de oito semestres, com disciplinas tradicionais de desenho, modelagem, costura, mas também abrangendo a comunicação, psicologia, marketing, análise de mercado e antropologia.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...