Mais
×

As 10 obras mais importantes de Oscar Niemeyer

Oscar Niemeyer, o arquiteto do século
Getty Images

Introdução

O arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer foi um dos personagens mais influentes da moderna arquitetura mundial. Nascido no dia 15 de dezembro de 1907, o carioca Oscar Niemeyer teve uma trajetória profissional brilhante, criando obras arquitetônicas de grande valor simbólico no Brasil e fora dele. O estilo de Niemeyer é marcado por sua preferência pelas curvas, já que a maioria dos edifícios assinados por ele esculpem formas curvilíneas no concreto. Prestes a completar 105 anos, Niemeyer faleceu na noite do dia 5 de dezembro de 2012, porém o seu legado continuará vivo através dos mais de 600 edifícios projetados por ele que estão espalhados pelo mundo. Considera-se como sua grande obra-prima o desenho da cidade de Brasília, projetada por ele na década de 50 a pedido do então presidente Juscelino Kubitschek. Saiba quais são as dez obras mais emblemáticas assinadas pelo saudoso arquiteto.

Getty Images

Congresso Nacional

Para nós, brasileiros, é difícil escolher "a" obra mais importante de Niemeyer, afinal de contas seus edifícios estão espalhados por diversos estados e são cartões postais de algumas das cidades mais importantes do País. Porém, por seu valor simbólico, o edifício do Congresso Nacional, projetado pelo arquiteto durante a construção de Brasília e inaugurado em 1960, pode ocupar a primeira colocação desse ranking. Estamos acostumados a ver esta imagem tão familiar sempre que o assunto é a política brasileira. O edifício formado por duas torres gêmeas e duas cúpulas (uma delas invertida) em formato de semi-círculo é um ícone do Brasil no mundo, pela originalidade de suas formas e, sobretudo, por ser o símbolo da capital do País. Junto com os edifícios do Palácio do Planalto e do Supremo Tribunal Federal (também criados por Niemeyer), o Congresso Nacional compõe o complexo denominado Praça dos Três Poderes. As três construções monumentais representam o Executivo, o Judiciário e o Legislativo.

Getty Images

O disco-voador de Niterói

Apelidado de "disco-voador de Niterói", o Museu de Arte Contemporânea de Niterói (também conhecido como MAC) foi inaugurado em 1996. Sua presença imponente, como uma sentinela futurística sobre o Mirante da Boa Viagem, é de deixar qualquer um de queixo caído. Seu desenho possibilita que o visitante aprecie de diversos ângulos a vista panorâmica da orla de Niterói, através do anel de janelas que circula o gigantesco edifício -- também visto com a forma de uma taça por muitas pessoas. Nem é preciso dizer que o MAC é um dos cartões-postais da cidade e motivo de orgulho para todos os niteroienses.

Getty Images

Complexo Arquitetônico da Pampulha

A Lagoa da Pampulha, em Belo Horizonte, agrupa o conjunto arquitetônico mais famoso da capital mineira. Ele é composto por três obras projetadas por Oscar Niemeyer na década de 40. São elas: o Museu de Arte da Pampulha, a Casa do Baile, o Iate Tênis Clube e a Igreja de São Francisco de Assis, que é o principal cartão-postal da cidade. A "igrejinha da Pampulha", como é carinhosamente chamada pelos mineiros, é uma obra de arte esculpida em concreto: os 14 painéis que estão em seu interior são assinados por Cândido Portinari e retratam a Via Sacra. O complexo ainda é contornado pelos jardins do famoso artista plástico Roberto Burle Marx. As linhas arredondadas da igreja são um marco da arquitetura moderna brasileira. O Complexo da Pampulha também é considerado importante para a trajetória de Niemeyer por ter marcado o início de sua parceria com Juscelino Kubitschek.

Flickr: Benjamin Dumas Attribution-NonCommercial-ShareAlike 2.0 Generic (CC BY-NC-SA 2.0)

Sede da ONU

Oscar Niemeyer foi um dos 12 arquitetos selecionados para criar o projeto da sede das Organizações das Nações Unidas, localizada na cidade de Nova York. O projeto final escolhido foi o de Niemeyer, que trabalhou em conjunto com o arquiteto franco-suíço Le Corbusier na execução da obra. Ambos tiveram algumas divergências sobre o volume da assembleia geral, porém conseguiram concluir o projeto em 1952, adotando uma solução intermediária.

Flickr: marcomazzei Attribution-NonCommercial-ShareAlike 2.0 Generic (CC BY-NC-SA 2.0)

Sede da editora Mondadori

A sede da editora Mondadori (1968), em Milão, na Itália, é um dos edifícios célebres projetados por Oscar Niemeyer. Suspensa por uma estrutura de colunas com espaçamento irregular, a monumental caixa de vidro que compõe o edifício surpreende pela incrível aparente leveza de suas formas.

Getty Images

Catedral Metropolitana de Brasília

Pedra fundamental de Brasília, a Catedral Metropolitana foi projetada por Oscar Niemeyer em 1958, porém sua inauguração ocorreu apenas em 1970, devido a empecilhos jurídicos. A nave foi desenhada para que fosse vista da mesma forma de todos os ângulos. Na entrada, quatro imponentes esculturas em bronze simbolizam os evangelistas São João, São Mateus, São Marcos e São Lucas. A igreja é sustentada por 16 colunas em formato hiperbolóide, e seu interior é adornado pelas esculturas de três anjos, suspensos por cabos de aço. A cobertura da nave tem um vitral composto por 16 peças em fibra de vidro inseridas entre as colunas de concreto.

Flickr: Camila Hamdan (Portfólio) Attribution-NonCommercial-ShareAlike 2.0 Generic (CC BY-NC-SA 2.0)

Memorial da América Latina

Inaugurado em 1989 no bairro da Barra Funda, em São Paulo, o complexo arquitetônico do Memorial da América Latina celebra os laços entre os povos latino-americanos e é outro dos famosos projetos do arquiteto Niemeyer. Sua proposta cultural foi idealizada pelo antropólogo Darcy Ribeiro a pedido de Niemeyer. Abriga edifícios como um salão de exposições, uma biblioteca, uma galeria e um anfiteatro. A escultura A Mão, de Niemeyer, que traz um registro gráfico do mapa da América Latina (na parte da mancha vermelha) é o símbolo do complexo, além de ser um dos principais ícones da paisagem urbana de São Paulo.

O olho de Curitiba
David Silverman/Getty Images News/Getty Images

Museu Oscar Niemeyer

Em 22 de novembro de 2002, foi inaugurado o Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba. Dedicado à exposições de Artes Visuais, Arquitetura, Urbanismo e Design, o espaço possui cerca de 35 mil metros quadrados de área construída e mais de 17 mil metros quadrados de área expositiva, e por isso é considerado o maior museu da América Latina. Por sua forma inusitada, que lembra um grande olho de concreto e vidro erguido sobre uma base quadrangular, o museu é popularmente chamado de Museu do Olho ou Olho do Niemeyer. Sua arquitetura enigmática atrai turistas do Brasil e do exterior. Em 2012, o MON foi eleito um dos 20 museus mais bonitos do mundo pelo guia norte-amerciano Flavorwire, além de ter sido o ponto turístico mais visitado de Curitiba, segundo o site de viagens TripAdvisor.

filipefrazao/iStock/Getty Images

Edifício Copan

Projetado na década de 50 pelo arquiteto Oscar Niemeyer com a colaboração de Carlos Alberto Cerqueira Lemos, o edifício Copan foi concluído em 1966. Localizado no centro de São Paulo, é a maior estrutura de concreto armado do País, além de ser considerado o maior edifício residencial da América Latina. O prédio sinuoso do Copan, com seus 1.160 apartamentos distribuídos em seis blocos, é uma representação concreta da diversidade da metrópole, onde convivem famílias, empresas, pequenos negócios e até uma igreja (espaço criado inicialmente para abrigar um cinema). Os números do Copan são curiosos: o edifício possui 115 metros de altura, 35 andares (além de dois subsolos com 221 vagas para automóveis), 20 elevadores no total e cerca de dois mil residentes.

Fernanda Calfat/Getty Images Entertainment/Getty Images

Passarela Professor Darcy Ribeiro

A Passarela Professor Darcy Ribeiro, mais conhecida como Passarela do Samba, Marquês de Sapucaí ou Sambódromo do Rio de Janeiro, foi projetada por Niemeyer em 1983 com o objetivo de oferecer à cidade um espaço permanente para o tradicional desfile das escolas de samba. Tornou-se um dos pontos turísticos mais disputados do Rio, já que atrai milhares de visitantes na época do Carnaval. A imensa escultura de concreto denominada Praça da Apoteose é um emblema do Carnaval carioca e marca o final do desfile da escola de samba da vez. O complexo do Sambódromo também é utilizado durante o ano para abrigar uma escola, que funciona nas galerias dos camarotes. Também é um espaço para shows musicais. Nele foi realizado o festival Hollywood Rock, além dos shows de Kiss, The Rolling Stones, Roger Waters (Pink Floyd), Avril Lavigne, Pearl Jam, Santana, Jack Johnson e Nirvana, entre outros artistas.