×
Loading ...

15 dicas de como aumentar as chances de conseguir um emprego

Getty Images

Introdução

Ingressar no mercado de trabalho pode não ser uma tarefa fácil. É preciso empenho, dedicação e bastante preparo. Mudar de área ou de empresa também tem seus desafios. Se a desejada promoção nunca chega onde você trabalha, talvez seja hora de mudar e buscar uma nova colocação profissional. Para descobrir oportunidades e aproveitar as chances que chegam até você é preciso estar preparado. Leia as 15 dicas que preparamos para ajudar você a conseguir um emprego, com o apoio da coach Thaís Verona, especializada em trabalho e carreira.

Getty Images

Você é um produto

No momento de procurar um emprego, é importante pensar que você é um produto à venda das empresas. Quem explica isso é a coach Thaís Verona, especialista em coaching de carreira e coaching vocacional. "Pense em si mesmo como se fosse um produto em uma prateleira de supermercado: como o produto, você precisa ter bom conteúdo, boa embalagem e uma boa relação custo/benefício para ser o escolhido". Então, invista em qualificação profissional para ter conteúdo; trabalhe sua imagem para ter boa embalagem e estude os salários de mercado para se vender como um bom custo/benefício.

Getty Images

Saiba onde quer trabalhar

Existe um ditado que diz que nenhum vento é bom para quem não sabe onde quer chegar. Para você se apresentar como um bom produto, é preciso também conhecer bem seu potencial cliente, como explica a coach Thaís Verona. "Defina quem é seu cliente, ou seja, em que tipo de empresa deseja trabalhar. Estude também qual tipo de cargo que você quer ocupar".

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Preparação

Você já pesquisou as empresas onde gostaria de trabalhar e fez uma lista de potenciais contratantes. Agora, é hora de verificar se você está realmente preparado para trabalhar nos locais escolhidos. Estude os cargos que deseja ocupar e veja quais são os pré-requisitos para o trabalho. Veja se está preparado para ocupar as vagas, se atende os requisitos, se possui a formação técnica e todas as habilidades necessárias. Se não tiver, procure se preparar. Você pode estudar, ler, buscar certificações e treinamento profissional.

Getty Images

Surpreendendo

Existem muitos candidatos bem qualificados no mercado, que são seus concorrentes diretos. Então, se quiser se destacar, não basta atender às exigências da empresa e do cargo desejado. Surpreenda seu potencial cliente e apresente-o conhecimentos e habilidades extras. Um profissional mutifacetado, que atenda aos requerimentos do cargo - mas também tenha conhecimentos que agreguem a seu trabalho - é bem visto pelas empresas.

Getty Images

Currículo

Você já definiu uma lista de empresas onde gostaria de trabalhar e também já sabe o tipo de cargo que quer ocupar. O próximo passo é preparar um bom currículo. Seja claro e objetivo. "Duas páginas é o máximo para a grande maioria dos cargos. Dispense informações sobre experiências que não tenham a ver com a vaga que você quer conquistar", explica a coach Thaís Verona. Ela exemplifica: de nada adianta citar no seu currículo um curso de decoração se o seu objetivo é uma vaga na área jurídica.

Jack Hollingsworth/Photodisc/Getty Images

Revisão do currículo

Você analisou suas experiências e as colocou no currículo de forma clara e objetiva. Agora, revise com muito cuidado este documento. Ele será seu cartão de visitas para a empresa onde você quer trabalhar. Primeiramente, elimine qualquer erro de português. Ao citar experiências, atribuições de cargos anteriores, opte por inserir as informações em tópicos e não em parágrafos. Essa medida, juntamente com um texto claro e conciso, facilitam a leitura do documento. Separe as informações pessoais das profissionais e deixe o currículo limpo. Não utilize fontes rebuscadas, letras coloridas ou palavras desconhecidas.

Getty Images

Palavras-chave

Ao preparar seu currículo, utilize palavras-chave que sejam relacionadas à sua área de atuação. A coach Thaís Verona explica que, atualmente, muitas empresas buscam os currículos dos candidatos em sites de vagas na Internet. "Esta busca é feita por palavras-chave, então o currículo precisa ter as palavras-chave certas", explicou. Se você procura uma vaga na área de marketing digital, utilize a expressão "marketing digital" em seu currículo, tanto na descrição do objetivo quanto na descrição de experiências ou cursos realizados.

Getty Images

Networking

Tão importante quanto preparar-se bem e elaborar um bom currículo, o networking é imprescindível para conseguir o emprego que você quer. "Ative sua rede de contatos: a maior parte das pessoas deseja encontrar um emprego apenas enviando o currículo pela Internet. Por outro lado, as empresas preferem as indicações, pois são contratações mais 'seguras'. Busque ser o indicado entre seus amigos, parentes e conhecidos", sugere Thaís. No momento em que começar a procurar um emprego, conte aos seus amigos em que empresas gostaria de trabalhar e que tipo de cargo gostaria de ocupar.

Getty Images

Pretensão salarial

As empresas sempre vão perguntar qual a sua pretensão salarial, independentemente de o contato ser feito pela Internet ou pessoalmente. Esteja preparado para falar de dinheiro. "Nada de sair gaguejando ao falar de dinheiro. Fale com firmeza e, obviamente, apresente um valor adequado à função e às suas qualificações", orienta a coach Thaís Verona. Quem busca um emprego precisa ter sempre em mente que deve representar uma boa relação custo/benefício para o cliente, ou seja, a empresa.

Getty Images

Entrevista

Você escolheu a empresa, o cargo, preparou seu currículo e foi chamado para uma entrevista. Lembre-se de que o momento é de apresentar também uma boa embalagem. Arrume-se de acordo com a empresa e o cargo pretendido, escolhendo bem as roupas, os acessórios e a maquiagem, no caso das candidatas. Mesmo que o cargo pretendido seja para uma área criativa (como a publicidade, por exemplo), é importante apresentar um visual sério. "No dia da entrevista, os profissionais de Recursos Humanos julgarão sua aparência em menos de 30 segundos. Seja elegante e discreto. Nestas horas, menos é mais", orienta a coach Thaís Verona.

Getty Images

Treine para a entrevista

A entrevista é crucial para se conseguir o pretendido emprego. Então, não há espaço para erros. Treine antes de ir para uma entrevista. Tenha na ponta da língua respostas para perguntas como: "qual sua experiência anterior?", "por que você gosta do que faz?", "quais sãos seus pontos fortes e fracos?", "o que o diferencia dos demais?", "por que deveríamos contratar você?", "o que o qualifica para a função?". Se você não sabe responder a essas perguntas, você é um produto que não tem a descrição em sua embalagem. Você precisa saber quem é para poder se vender.

Getty Images

Seja honesto

Além de saber como se comportar na entrevista, é preciso levar em conta que é necessário ser natural e honesto. Não invente habilidades para conquistar a vaga. Quem contrata sabe como reconhecer a mentira. Thaís Verona explica que a linguagem corporal é estudada pelos especialistas de Recursos Humanos. Além disso, mesmo que você passe na entrevista mentindo, poderá ser desmascarado depois, no dia a dia do novo trabalho. "E não há nada pior que ser um funcionário que perde a confiança de seus empregadores", diz a coach.

Getty Images

Estude a empresa

Antes de ir à entrevista, estude sobre a empresa onde você será entrevistado. Colha o máximo de informações possíveis sobre quem deseja contratar você. É possível fazer isso lendo notícias relacionadas à empresa, visitando seu site na internet e conversando com colegas que possam trabalhar naquela empresa e naquela área de atuação. Nada elimina um candidato mais facilmente do que não saber sobre a empresa para a qual está se candidatando. Segundo a coach Thaís Verona, não informar-se previamente sobre a empresa onde se pretende trabalhar demonstra falta de interesse.

Getty Images

Faça perguntas

No momento da entrevista para um cargo pretendido, você apenas ouve as perguntas do entrevistador e as responde, certo? Não necessariamente. Quando o candidato faz perguntas, ele está também avaliando a empresa e demonstrando ao entrevistador que conhece o próprio valor. Da mesma forma que um bom profissional contribuirá para a empresa, uma boa companhia será importante para a formação de um bom profissional. Na hora de perguntar, questione como funciona o programa de carreira e quais as chances de desenvolvimento profissional que você terá.

Getty Images

Seja o melhor

No momento de se vender, lembre-se de tentar ser o melhor produto entre todos, investindo no conteúdo (conhecimento, experiência), na embalagem (bom currículo e boa apresentação pessoal) e na boa relação custo/benefício (não ser tão caro a ponto de não ser contratado, nem tão barato a ponto de se desvalorizar). Além disso, lembre-se também que você é, na maior parte das vezes, aquilo que pensa. "Quem investe em crescimento, desenvolvimento e na própria autoestima, certamente terá mais autoconfiança na hora de buscar uma nova oportunidade", ensina a coach Thaís Verona.