Mais
×

Os 15 filmes adolescentes clássicos da década de 1980

Doug Menuez/Photodisc/Getty Images

Introdução

O público adolescente nunca fora o mais procurado por Hollywood. Durante décadas, foi deixado de lado pelos grande estúdios. O quadro mudou no final da década de 1970, quando filmes como “Star Wars” tiveram sucesso espetacular de bilheteria e revelaram um lucrativo nicho que deveria ser explorado. O resultado não poderia ser outro: uma série de filmes sobre e para adolescentes invadiu as telas nos anos 1980. Divertidos, dramáticos, inocentes ou picantes, eles se tornaram clássicos e conquistaram uma geração de adolescentes e revelou uma série de novos atores e diretores. Conheça os 15 filmes mais emblemáticos desta safra.

IMDb | Columbia/Tri-Star

A Lagoa Azul

Baseado no romance de Henry Stacpoole, “A Lagoa Azul” ("The Blue Lagoon"), de 1980, foi dirigido por Randal Kleiser e revelou a beleza da jovem Brooke Shields, então com apenas 14 anos de idade. O filme conta a história de duas crianças que sobrevivem a um naufrágio e vão parar em uma ilha deserta no sul do Pacífico. Eles crescem e, com a chegada da puberdade, se apaixonam. O filme cativou o público feminino pelo romantismo, mas algumas cenas de nudez chocaram os conservadores. Os diretores alegaram que uma dublê, maior de idade, fez as cenas mais ousadas.

IMDb

Porky's

"Porky's", de 1982, segue uma linha mais adulta do cinema adolescente da década de 1980. Aqui, um grupo de jovens passa o tempo todo em busca de aventuras sexuais, incluindo o protagonista Pee Wee (Dan Monahan), que tenta desesperadamente fazer sexo pela primeira vez. O grupo se mete em grandes confusões quando resolve ir a um famoso bordel da cidade. Dirigido por Bob Clark, o filme é ambientado em uma fictícia escola da Flórida nos agitados anos 1950. O filme se tornou o ponto de partida para outras produções do tipo e inspirou comédias como "American Pie". Outras duas sequências foram filmadas, mas sem o sucesso da primeira.

IMDb | Metro-Goldwyn-Mayer Studios Inc.

O Último Americano Virgem

Mais um filme da safra picante dos anos 1980. "O Último Americano Virgem" ("The Last American Virgin"), de 1982, foi dirigido pelo israelense Boaz Davidson e é na verdade um remake de um filme lançado pelo mesmo diretor em 1978. A história foca no tímido entregador de pizzas Gary (Lawrence Monoson), que parte para aventuras noturnas com dois amigos. A relação entre eles se complica quando Gary, o único virgem do grupo, se apaixona por Karen (Diane Franklin), que no entanto acaba ficando com Rick (Steve Astin), o conquistador do grupo. A trilha sonora do filme traz clássico de bandas oitentistas, como U2, Oingo Boingo e The Police.

IMDb | The Kobal Collection – © 1984 - 20th Century Fox

Gatinhas e Gatões

Com o título original de “Sixteen Candles”, o filme foi lançado em 1984 e apresenta dois nomes que se tornariam célebres no cinema adolescente da década de 1980. A atriz Molly Ringwald e o diretor e roteirista John Hughes trabalharam juntos em vários clássicos da época, conquistando uma geração de jovens. O filme mostra a jovem Samantha Baker às voltas com sua festa de aniversário de 16 anos. Ela se apaixona por um rapaz, que namora outra menina, e é assediada por outro pelo qual não se interessa. O filme marca a onda dos filmes adolescentes com temática mais inocente.

IMDb

Karatê Kid – A Hora da Verdade

“Karatê Kid”, lançado em 1984 pelo diretor John Avildsen, é o grande sucesso do jovem ator Ralph Macchio, que se tornou um ídolo das adolescentes na época. Macchio faz o jovem Daniel San, que é perseguido por um grupo de valentões. Ele é salvo por Miyagi (Pat Morita), um mestre do karatê que acaba lhe ensinando os segredos dessa arte marcial e também muitas lições de vida. O filme se tornou um sucesso estrondoso de público e também de crítica. Pela sua atuação em “ Karatê Kid”, Morita foi indicado ao Oscar e Globo de Ouro como melhor ator coadjuvante.

IMDb | The Kobal Collection

Clube dos Cinco

Lançado em 1985, “Clube dos Cinco” ("The Breakfast Club"), é mais um filme que reúne o diretor John Hughes e a atriz Molly Ringward. Como castigo por mal comportamento, cinco adolescentes passam o sábado inteiro detidos na escola e precisam redigir um texto, com mais de 1000 palavras, sobre o que eles pensam de si mesmos. O grupo reúne uma patricinha, um atleta, um nerd, um delinquente e uma jovem desajustada. Mesmo sendo tão diferentes, eles acabam descobrindo várias coisas em comum. Com o passar das horas, se tornam cada vez mais cúmplices e trocam confidências entre si. O filme se destaca pelo ótimo roteiro e por ser inteiramente rodado em sequência.

IMDb | Universal Studios

De Volta para o Futuro

“De Volta Para o Futuro” ("Back to the Future"), o mais famoso dos filmes adolescentes, foi dirigido por Robert Zemeckis em 1985 e catapultou Michael J. Fox como grande astro de Hollywood. Ele interpreta o jovem Marty McFly, que volta para 1955 graças a uma máquina do tempo criada pelo professor Emmett Brown (Christopher Lloyd). No passado, ele acidentalmente interfere nos fatos já ocorridos e tem de fazer com que sua mãe e seu pai se apaixonem, para que ele mesmo não desapareça do futuro. Para atingir sua missão e também voltar à sua época, ele conta com a ajuda do próprio professor Brown, 30 anos antes de inventar sua máquina do tempo. O sucesso estrondoso garantiu mais duas continuações. Mas o primeiro filme é que se tornou um clássico do cinema.

IMDb | Metro-Goldwyn-Mayer Studios Inc.

O Garoto do Futuro

O roteiro não tem nada que envolva o futuro ou algo do tipo e o nome original da obra, dirigida por Rod Daniel em 1985, é “Teen Wolf”. Mas os responsáveis pela tradução brasileira deram um jeito de pegar carona no filme “De Volta para o Futuro”, também protagonizado por Michael J. Fox. A comédia mostra o jovem Scott McCall, em sua dura luta pela popularidade na escola, ao mesmo tempo em que tenta esconder de todos que pode se transformar em um lobisomem. Curiosamente, quando todos descobrem seu segredo, ele se torna o garoto mais popular da escola e o melhor jogador de basquete do time.

IMDb

Mulher Nota Mil

“Mulher Nota Mil” ("Weird Science"), de 1985, é mais um filme clássico dirigido por John Hughes. Nesta curiosa comédia, dois adolescentes extremamente nerds, decidem tomar uma providência para acabar de uma vez por todas com seus fracassos amorosos: criar a mulher perfeita por meio de uma simulação de computador. O problema (ou não) é que a mulher ganha vida, se materializa e foge totalmente do controle dos jovens. A partir daí, eles precisam suar muito para colocar as coisas em seu devido lugar. Destaque para a atriz Kelly LeBrok, musa da época.

IMDb | Paramount HE.

A Garota de Rosa Shocking

Eis mais uma parceria de John Hughes (agora apenas como roteirista) e Molly Ringward. "A Garota de Rosa Shocking" ("Pretty in Pink"), de 1986, foi dirigido por Howard Deutch e conta a história de Andy Walsh, uma garota pobre que estuda em um colégio de ricos. Sua principal aspiração é conseguir um belo vestido para aparecer no baile da escola. Durante o filme, ela tenta conquistar um garoto rico, enquanto outro colega se mostra apaixonado por ela. O filme também tem nomes que ficariam conhecidos em outros trabalhos, como James Spader ("Sexo, Mentiras e Videoteipe") e Jon Cryer (da série "Two and a Half Men"). A trilha sonora traz artistas que faziam sucesso na época, como INXS, Suzanne Vega e New Order, além de Echo & The Bunnymen e The Smiths.

IMDb | Paramount Pictures

Curtindo a Vida Adoidado

Maior sucesso de John Hughes e talvez o mais emblemático dos filmes adolescentes dos anos 1980, "Curtindo a Vida Adoidado" ("Ferris Bueller's Day Off") é de 1986 e marca o auge da carreira do jovem Matthew Broderick. O roteiro conta a história de Ferris Bueller, um jovem que resolve aproveitar a vida e simula uma doença para matar aula ao lado de seu melhor amigo e de sua namorada. Durante a curtição, no entanto, ele tem de driblar o rigoroso diretor da escola e se esconder dos seus pais. O filme tem ao menos uma cena antológica, quando Bueller invade um desfile e faz uma dublagem de “Twist and Shout”, dos Beatles.

IMDb

O Rei da Paquera

Mais um filme protagonizado por Molly Ringwald. No entanto, o diretor de “O Rei da Paquera" ("The Pick-up Artist") é outro: James Toback. O filme de 1987 também apresenta como protagonista Robert Downey Jr., famoso por filmes como “Chaplin” e “Homem de Ferro”. Jack é um paquerador de primeira, que tenta a todo custo conquistar a guia turística Randy. Durante seus esforços, descobre que o pai da garota é um mafioso que sofre de alcoolismo. Para ganhar de vez o coração da jovem, ele resolve ajudá-la a resolver os problemas com os seus pais.

IMDb

Te Pego lá Fora

Filme de 1987, "Te Pego lá Fora" ("Three O'Clock High") mostra a complicada situação de Jerry, um jovem pacato que tenta entrevistar um colega de escola recém-chegado, o brutamontes Buddy. Os problemas acontecem quando Jerry toca em Buddy, algo que ele não tolera. O encrenqueiro, com fama de psicopata, o desafia para uma briga às 3 da tarde, após a aula. A partir de então, o pobre Jerry fará de tudo para evitar essa briga e salvar sua pele. Dirigido por Phil Joanou, é mais um clássico do humor adolescente dos anos 1980.

IMDb

Namorada de Aluguel

Clássico de 1987, o filme “Namorada de Aluguel” ("Can’t Buy me Love") é estrelado por Patrick Dempsey (que se destacaria anos depois na série “Grey`s Anatomy”). No filme, ele é Ronald, um carinha sem muita moral na escola que resolve colocar a cabo um plano para mudar sua situação: paga à menina mais popular do colégio para que finja ser sua namorada. Em pouco tempo a situação dele entre os amigos muda, mas a falsa relação acaba se tornando cada vez mais complicada. O filme foi dirigido por Steve Rash.

IMDb

Sem Licença para Dirigir

Os atores Corey Haim e Corey Feldman se destacaram pelas atuações em vários filmes infantis e adolescentes. Um dos principais é “Sem Licença para Dirigir” ("License to Drive"), em que atuam juntos. A comédia mostra Les Anderson, um jovem que tenta tirar sua carteira de motorista para conquistar Mercedes, a musa do bairro. O fato de ser reprovado nos testes de habilitação não o intimida: ele parte escondido com o Cadillac de seu avô para impressionar a garota dos seus sonhos, mas nada sai como o previsto e ele tem de enfrentar as mais complicadas situações para conseguir retornar com o carro intacto.