×
Loading ...

15 livros que viraram filmes de sucesso

Jannoon028/iStock/Getty Images

Introdução

Livros encantam por fazer os leitores mergulharem em mundo paralelo, onde podem imaginar, através das descrições, como são os personagens e cenários. Ao serem transformados em filmes, muitos fãs realizam um sonho, enquanto outros acreditam estar em um pesadelo. É claro que a imaginação de cada um é diferente. Muitas vezes, o roteiro do filme não segue a mesma linha do livro, mas ainda assim o sucesso nas bilheterias e a maior demanda pelo livro são certos! Confira 15 obras ou sagas que viraram grandes sucessos nas telonas do mundo.

Reprodução IMDb|2005 - Focus Features

Orgulho e Preconceito

Publicado em 1813, o romance "Orgulho e Preconceito", da britânica Jane Austen, se tornou um fenômeno literário mundial, que se firmou após sua primeira adaptação para o cinema, em 1940, sob a direção de Robert Z. Leonard. Na história, as cinco filhas da sra. Bennet (Mary Boland) foram criadas sob a ideia fixa de encontrar um marido que lhes assegurasse um bom futuro. Quando o sr. Bingley (Bruce Lester), um solteiro rico, se muda a uma mansão vizinha, as irmãs ficam agitadas, com exceção de Elizabeth (Greer Garson), que conhece o bonito mas esnobe sr. Darcy (Laurence Olivier). A última versão do filme (2005) foi dirigida por Joe Wright e recebeu quatro indicações ao Oscar. Entre elas, de Melhor Atriz para Keira Knightley, que interpretou Elizabeth. Em 1995, o enredo também foi sucesso com a adaptação de uma minissérie de televisão, produzida pela BBC, com Jennifer Ehle e Colin Firth nos papéis principais.

Reprodução IMDb|2012 - Universal Pictures

Os Miseráveis

Principal livro do escritor francês Victor Hugo, "Os Miseráveis" se passa na França do século 19 entre duas grandes batalhas: a Batalha de Waterloo (1815) e os motins de junho de 1832. Foi adaptado diversas vezes para teatro, cinema e televisão. A versão mais atual (o musical de 2012, baseado na adaptação para a Broadway) foi um grande sucesso e recebeu três Oscars em 2013, entre eles de melhor atriz coadjuvante para Anne Hathaway; além de muitos outros prêmios. Diferente dos musicais modernos, o filme segue a linha tradicional e a história é literalmente cantada. Foi dirigido por Tom Hooper e estrelado por Hugh Jackman, Russel Crowe, Amanda Seyfried e Helena Bonham Carter.

Reprodução IMDb| Walt Disney Pictures

Alice no País das Maravilhas

Livro de gênero "nonsense", "Alice no País das Maravilhas" foi publicado por Lewis Carrol (pseudônimo de Charles Lutwidge Dodgson) em 1865. Inspirou diversas adaptações para o cinema, porém as mais conhecidas são da Walt Disney Studios nas versões de 1951, em animação tradicional, e de 2010, dirigida por Tim Burton e com participação de Johnny Depp. O livro conta a história de Alice, uma menina que, ao cair na toca de um coelho, vai para um mundo com personagens peculiares. Tudo o que é vivido nesse mundo tem características da "lógica do absurdo" – coisas que só acontecem em sonhos.

Keystone/Hulton Archive/Getty Images

Drácula

"Drácula" foi escrito pelo irlandês Bram Stoker e publicado em 1897. Apesar de receber maravilhosas críticas, o livro só se tornou best-seller anos depois. Pelo menos dez adaptações foram feitas a partir da história do Conde Drácula, que é um vampiro e se transforma em morcego para se alimentar de sangue humano. O primeiro filme baseado no romance foi produzido em 1931 pela Universal Studios. O filme de 1958, dirigido por Terence Fisher, foi uma revisão moderna do clássico. A versão marcou a vida do ator Christopher Lee, que viveu o protagonista diversas vezes pelos estúdios da Hammer Films.

Reprodução IMDb|Europa Filmes

Olga

O filme brasileiro "Olga" (2004) foi baseado na biografia homônima (1984) escrita por Fernando Morais sobre a vida de Olga Benário Prestes, uma comunista militante alemã que veio para o Brasil na década de 1930 com o objetivo de apoiar a Intentona Comunista. Foi guarda-costas de Luís Carlos Prestes, com quem foi presa e teve uma filha. Ela foi deportada durante o governo de Getúlio Vargas e executada pelo regime nazista. O filme, protagonizado por Camila Morgado, foi o filme nacional mais visto em apenas um fim de semana até então. A primeira biografia sobre a vida de Olga foi escrita em 1961 por Ruth Werner.

Reprodução IMDb|Photo by Phil Bray - © Disney Enterprises, Inc. and Walden Media, LLC.

As Crônicas de Nárnia

Sucesso, a série de livros de fantasia do autor britânico Clive Staples Lewis (C. S. Lewis), publicada entre 1950 e 1956, "As Crônicas de Nárnia" é uma das obras literárias mais conhecidas de todos os tempos. Os sete livros contam a história de crianças que conhecem o reino mágico de Nárnia, onde habitam outras criaturas e grandes batalhas acontecem. O Brasil era um dos poucos países onde quase ninguém conhecia a saga, até que a primeira adaptação para o cinema foi lançada em 2005. Com grande bilheteria, a Disney produziu uma sequência, em 2008, mas o resultado não foi o esperado. O terceiro filme (2010) foi assumido pela Twentieth Century Fox e, apesar de nenhum desses ter superado a bilheteria do primeiro, os próximos filmes ainda serão produzidos.

Reprodução IMDb|2001 - New Line Productions, Inc.

O Senhor dos Anéis

"O Senhor dos Anéis" (1954-1955) é uma trilogia de fantasia do escritor e filósofo britânico J. R. R. Tolkien que se passa em um tempo e espaço fictícios, onde humanos e outros seres (hobbits, anões, elfos, etc.) travam lutas para não deixar que o Um Anel chegue a seu criador: o Senhor das Trevas. Levada ao cinema em 2001, 2002 e 2003, a saga bateu recordes de bilheteria, arrecadando quase US$ 3 bilhões. Aclamada pela crítica e pelo público, a trilogia ganhou 17 dos 30 Oscars aos quais foi indicada, além de outros prêmios.

Reprodução IMDb|2002 - Miramax

Cidade de Deus

O filme "Cidade de Deus" de 2002, dirigido por Fernando Meirelles, é baseado no romance real (1997) de Paulo Lins. A história retrata o crescimento do crime organizado na Cidade de Deus (um bairro desmebrado de Jacarépaguá, no Rio de Janeiro) da década de 1960, quando era apenas uma comunidade, até 1980. O longa foi indicado a quatro categorias no Oscar. O filme é estrelado por Alexandre Rodrigues, Leandro Firmino da Hora, Jonathan Haagensen, Matheus Nachtergaele, Douglas Silva, Alice Braga e Seu Jorge, muitos deles, e outros atores que participaram da trama, foram moradores de favelas como Vidigal e Cidade de Deus.

Reprodução IMDb| 2011 WARNER BROS. ENTERTAINMENT INC.

Harry Potter

Outra saga de muito sucesso, os sete livros de "Harry Potter" (1997-2007), escritos por J.K. Rowling, foram adaptados para o cinema (2001-2011) conforme iam sendo publicados. A série de aventura e fantasia se passa na escola de bruxaria de Hogwarts e conta a história de Harry Potter, um jovem mago que perdeu os pais ainda bebê. A autora é a mulher mais rica na história da literatura, tendo livros traduzidos para 67 idiomas. Com o último livro divido em duas partes, os oito filmes se tornaram a maior franquia cinematográfica da história, arrecadando mais de US$ 7 bilhões.

Reprodução IMDb|Photo by Simon Mein - © 2006 Columbia Pictures Industries, Inc.

O Código Da Vinci

"O Código Da Vinci" (2003) é um best-seller polêmico, escrito por Dan Brown e adaptado para filme em 2006. Na narrativa, após o assassinato de um curador, o famoso simbologista Robert Langdon (Tom Hanks) é convocado a comparecer ao Museu do Louvre para descobrir pistas sobre o caso. Ele conta com a ajuda de Sophie Neveu (Audrey Tautou), criptógrafa da polícia. Suas investigações os levam a uma série de mensagens ocultas nas obras de Leonardo Da Vinci. Elas indicam a existência de uma sociedade secreta que guarda um segredo há mais de dois mil anos.

Reprodução IMDb| Fox 2000 Pictures

Marley e Eu

"Marley e Eu" (2005) é um livro de memórias em que o jornalista americano John Grogan conta a história real de seu cachorro labrador e suas aventuras juntos. O filme, de 2008, estabeleceu um recorde nas bilheterias de Natal, arrecadando mais de US$ 14 milhões. Marley é um cão incorrigível adotado por John (Owen Wilson) e Jennifer Grogan (Jennifer Aniston) quando eles pensam em ter filhos. A adoção é ideia de um amigo de John, que diz que se eles estiverem preparados para cuidar de um cachorro, com certeza serão bons pais.

Adam Berry/Getty Images Entertainment/Getty Images

A Menina que Roubava Livros

O drama de 2005 do escritor australiano Markus Zusak conta a história de Liesel Meminger, tendo como narradora a Morte. Com mais de oito milhões de cópias vendidas no mundo, o livro "A Menina que Roubava Livros" foi levado ao cinema em 2013 e recebeu boas críticas. A narrativa se passa na Alemanha durante a Segunda Guerra Mundial, onde Liesel (Sophie Nélisse) vai morar após a morte de seu irmão. No enterro, a menina encontra o livro "O Manual do Coveiro" e o pega escondido, levando consigo para seu novo lar. Seu pai adotivo (Geoffrey Rush), ao encontrar o livro e descobrir que Liesel não sabe ler, a ensina, e ela passa a se apaixonar pela leitura. Para sustentar sua paixão, a menina passa a roubar e partilhar livros com seus amigos, incluindo um homem judeu (Ben Schnetzer) que vive na clandestinidade em sua casa.

Reprodução IMDb|Summit Entertainment

Crepúsculo

Os quatro livros da saga "Crepúsculo", escritos por Stephanie Meyer, foram publicados entre 2006 e 2009, e ganharam diversos prêmios, além de alguns deles entrarem na lista de best-sellers do The New York Times. A série foi transformada em cinco filmes (2008-2012). O primeiro arrecadou mais de US$ 67 milhões apenas no primeiro fim de semana. No romance, Bella Swan (Kristen Stewart) é uma humana que se apaixona por Edward Cullen (Robert Pattinson), um vampiro. Ao longo das narrativas, ela descobre um mundo à parte do humano, onde lobos e vampiros deixam de ser apenas lendas.

Reprodução IMDb|Lionsgate

Jogos Vorazes

A trilogia "Jogos Vorazes" (2008-2010) está conquistando jovens e adultos no mundo todo. Escritos por Suzanne Collins, os livros se passam em um futuro distante, onde os Estados Unidos não existe mais, apenas um país chamado Panem, que é dividido entre 12 distritos. Como forma de controlar e evitar revoltas, todos os anos os distritos são obrigados a ceder um menino e uma menina como tributos para participarem dos Jogos Vorazes, onde apenas um sai vivo e vencedor.

Reprodução IMDb|Photo by Francois Duhamel - © 2013 - Fox Searchlight Pictures

12 Anos de Escravidão

"12 Anos de Escravidão" se baseia na autobiografia (1853) de Solomon Northup. Solomon é um negro livre nascido em Nova Iorque que foi sequestrado em Washington, D.C., em 1841, e vendido como escravo. Produzido por Brad Pitt e dirigido por Steve McQueen, o filme estreou em 2013 e foi aclamado pela crítica. O longa foi indicado ao Oscar em nove categorias e venceu três: Melhor Filme, Melhor Atriz Coadjuvante (para Lupita Nyong'o) e Melhor Roteiro Adaptado.