5 características do capitalismo

Escrito por cynthia clark | Traduzido por marcella narvaes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
5 características do capitalismo
O capitalismo permite que um carpinteiro independente possa competir com empresas que oferecem produtos equiparáveis (Michael Blann/Digital Vision/Getty Images)

O capitalismo é um sistema econômico no qual pessoas ou empresas adquirem e distribuem recursos ou bens para benefício próprio. Quando entidades políticas tentam controlar o sistema econômico distribuindo recursos, mercado, venda de bens ou estabelecendo um controle de preços, as características do capitalismo mudam. O "capitalismo livre de mercado" é a forma ideal desse sistema; investimentos e riscos são pesados contra a competição e são decisões únicas de pessoas ou empresas.

Outras pessoas estão lendo

Direitos e liberdades

O capitalismo tem várias características e a primeira pode ser agrupada em uma categoria de liberdade pessoal. Direitos e liberdades individuais básicas são a base do capitalismo. As pessoas devem ter direitos de propriedade, para legalmente controlarem recursos como terra, minerais, colheitas e moeda; sejam essas propriedades herdadas, trocadas, compradas ou ganhadas. Além disso, as pessoas devem ter o direito de começar um empreendimento e fazer suas próprias decisões econômicas baseadas em suas necessidades e desejos pessoais.

Mercado competitivo

O capitalismo exige um mercado competitivo, com muitos vendedores oferecendo bens e serviços similares para possíveis compradores. A competição é um autorregulador de preços, tanto para compradores como para vendedores, levando as empresas a desenvolverem produtos melhores para o gosto do consumidor. O capitalismo não é discriminatório. Algumas pessoas podem evitar um comércio por causa de raça, religião ou status social, mas o grande mercado julga apenas pela qualidade do serviço ou bens, pelo seu preço. O mercado competitivo permite que qualquer um aumente seu status financeiro, se ele satisfazer as necessidades de outros indivíduos.

Mudanças inovadoras

Joseph A. Schumpeter, sociólogo e economista, descreve o capitalismo como tendo uma "personalidade evolutiva", que nunca permanece a mesma. Em seu livro de 1942 "Capitalismo, socialismo e democracia", ele descreve mudanças inovadoras industriais como um processo de "destruição criadora" onde os avanços tecnológicos revolucionam a indústria. O capitalismo está em um estado de mudanças constantes, já que inovadores têm a oportunidade de guiar o mercado enquanto produtos, empresas e até monopólios que mantém o "status quo" correm riscos como perdas, falências e extinções.

Governo limitado

A faculdade do perímetro da Georgia (Georgia Perimeter College [em inglês]) observa que a competitividade de um sistema econômico capitalista é creditado como um sistema que faz bom uso de recursos, com pouca necessidade de intervenção governamental. Até nos Estados Unidos, contudo, o governo federal impôs regras sobre várias indústrias, atrapalhando os benefícios de um mercado realmente livre. Em seu livro de 1776 "Riqueza das nações", Adam Smith menciona uma "mão invisível", que serve melhor o mercado e a sociedade que qualquer outra intervenção econômica. Quando as pessoas decidem servir seus próprios interesses e "sentimentos morais", o padrão sobe, com melhoras sociais e normas econômicas. A teoria da "mão invisível" é associada com questões em 2011, como o desejo de comprar localmente e escolher produtos que tenham eficiência energética ou sejam feitos com materiais reciclados.

Mercados auto-reguladores

Smith depois discute como os interesses pessoais são provavelmente as características mais influenciais no que ele chama de "sistema mercantil ou comercial". O interesse próprio é um motivador positivo que afeta muitas outras características do capitalismo, como um mercado imobiliário e de trabalho autorreguladores. O interesse pessoal é a motivação para que pessoas comprem, mantenham e melhorem imóveis. As pessoas têm a escolha de trabalhar ou não, com o interesse pessoal, criando o desejo de melhorar suas habilidades para melhores resultados. Ele também leva empresas a criar produtos e serviços melhores, enquanto escolhe usar recursos que reduzem seus próprios custos e ajudam a manter sua boa imagem pública.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível