Os 5 mandamentos do Islã

Escrito por mark orwell | Traduzido por ana carolina fernandes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Os 5 mandamentos do Islã
A oração muçulmana é um dos cinco pilares do Islã (Spencer Platt/Getty Images News/Getty Images)

Os cinco mandamentos da fé islâmica são mais comumente referidos como os Cinco Pilares do Islã. Estes são os cinco códigos morais relativos a Alá, "Deus" em árabe, que decreta o que é certo e o que é errado. Conformar-se com esses códigos é mostrar submissão a Deus.

Outras pessoas estão lendo

Chahada

A Chahada, ou confissão de fé, é o primeiro pilar. Ele afirma que o propósito da vida é acreditar, servir e obedecer a Deus, seguindo os ensinamentos de Maomé, o último profeta a voz de Deus no Islã. Este pilar tem um ditado simples, que é a primeira coisa dita a um recém-nascido e a última coisa dita a alguém em seu leito de morte: "Não há Deus senão Deus e Maomé é o mensageiro de Deus".

Salá

O segundo pilar é o Salá, ou a oração. Este é o ato de orar fisicamente, que ocorre cinco vezes durante o dia: ao amanhecer, ao meio-dia, no meio da tarde, pôr do sol e anoitecer. Os fiéis são incentivados a rezar em uma mesquita como parte de um grupo, mas isso pode ser feito em qualquer lugar, contanto que se esteja voltado para a Meca. Estas orações são feitas em árabe. Ao orar, um muçulmano se conecta diretamente com Deus, já que o Islã não possui sacerdotes ou equivalentes agindo como intermediários, como em algumas outras religiões.

Zakat

O Zakat, ou a caridade, afirma que tudo pertence a Deus e que o ser humano deve fazer caridade, se forem capazes. Os muçulmanos são instados a dar 2,5 % de sua renda para a comunidade, que é distribuído para o pobre ou utilizado para construir bibliotecas, restaurantes comunitários e semelhantes. Aqueles com necessidades imediatas, os que coletam e distribuem esmolas, e os devedores incapazes de cumprir as obrigações financeiras estão isentos deste requisito. Indivíduos mais ricos são incentivados a dar mais.

Saum

O Ramadã é o nono mês do calendário islâmico e é considerado o mais sagrado. Durante este tempo, os muçulmanos praticam o Saum, ou jejum. Do amanhecer ao pôr do sol todos os dias durante o Ramadã, os muçulmanos se abstêm de comer, beber, ter relações sexuais e fumar. Isso mostra autocontrole e auto-disciplina. Também purifica o indivíduo e mostra gratidão pelas provisões estabelecidas por Alá.

Hajj

O Hajj é uma peregrinação à Meca feita pelo menos uma vez na vida por todo muçulmano que seja fisicamente e financeiramente capaz de fazê-lo. Esta viagem é feita durante os primeiros cinco dias do 12 º mês do calendário muçulmano, o Dhu'l-Hija. Cerimônias ocorrem em Meca e em Arafat, uma planície 20 km a leste de Meca, onde um evento conhecido como O Grande Banquete dura três ou quatro dias.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível