5 tipos de linguagem CLP

Escrito por deanne lachner | Traduzido por maria renata c. m. siqueira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
5 tipos de linguagem CLP
O CLP controla muitas funções dos computadores industriais (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Um controlador lógico programável, ou CLP, é um aparelho que monitora os processos dos computadores, analisando as entradas no sistema e ligando ou desligando as saídas baseados em uma série de instruções programadas usando uma das cinco linguagens de CLP. São mais usadas em situações em que os controles elétricos - como pacotes, manejamento material, maquinaria ou linhas automatizadas - necessitam de muito monitoramento das entradas e saídas, para controlar com os próprios cronômetros.

Outras pessoas estão lendo

Vantagens do CLP

Usar um CLP elimina a necessidade de diversos cronômetros controlando muitas máquinas. O CLP torna o processo de monitoramento mais fácil já que as operações são descritas visualmente na tela, e o seu custo é menor do que o de vários cronômetros e bobinas que seriam necessárias para desenvolver a mesma função. Além disso, ele é eficiente em questão de espaço, e oferece uma maneira de testar a programação no laboratório e fazer as correções necessárias antes de instalar o aplicativo em um cenário de trabalho.

CIE 1131-3 Padrão

A Comissão Internacional Eletrotécnica, ou CIE, desenvolveu um padrão 1131, que define as especificações necessárias para as linguagens que operam controladores programáveis, como o CLP. O CIE 1131 determina as semânticas, a sintaxe e a exibição para as cinco linguagens CLP disponíveis, sendo que cada uma delas se aplica melhor a certos tipos de aplicações.

Linguagens CLP

Os programadores podem escolher dentre as cinco linguagens CLP. O diagrama Ladder é melhor usado em programas controlados por diversos arquivos, subprogramas e seções de código. As funções sequenciais são usadas para programar sistemas que são mais avançados do que aqueles usados com a Ladder. O bloco de funções é uma linguagem gráfica que gera os dados de entradas e saídas, através do envio de blocos de dados conectados. As linguagens estruturadas lembram as programações básicas ou de Pascal, e usam firmações como "Se-então-mais", "enquanto" e "repetir." A lista de instruções usa instruções mnemônicas dos diagramas de Ladder e envia as instruções para o CLP através do terminal de programação.

Uso de CLP industrial

Os CLPs são computadores industriais, e não para uso doméstico ou em escritórios. O Machine-Information-Systems.com descreve o CLP como "um herói anônimo que controla uma quantidade massiva de equipamentos." Baseado em sua programação, que é controlada por uma das cinco linguagens, as unidades de CLP trabalham ativamente nas seguintes indústrias: manufatureira, aeronáutica, alimentos, têxtil, filmes, hospitais, lazer, fundição, agricultura, plásticos e impressões, entre outras.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível