7 maneiras de motivar crianças preguiçosas

Escrito por chuck robert | Traduzido por luana santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
7 maneiras de motivar crianças preguiçosas
As crianças são mais motivadas quando sentem uma vontade interna em realizar tarefas (Stockbyte/Valueline/Getty Images)

As crianças são muitas vezes motivadas a fazer muitas coisas, inclusive brincar, aprender e praticar habilidades. No entanto, elas às vezes perdem a motivação quando estão desinteressadas ​​em uma atividade, interessadas em outra coisa, cansadas ou desanimadas. Mesmo assim, elas devem executar tarefas que não querem para continuar a sua educação e se desenvolverem, por isso os professores, pais e outros adultos devem motivá-las.

Outras pessoas estão lendo

Autonomia

As crianças são mais susceptíveis a serem motivadas quando sentem que têm controle sobre o que fazem. Elas têm interesses diferentes, que variam ao longo do tempo. Por exemplo, quando as crianças estão mais energéticas, podem querer uma atividade física, enquanto que as cansadas preferem ouvir uma história. Quanto mais controle o professor dá aos alunos, mais provável é que eles vão querer executar essas tarefas. Algumas crianças superdotadas ficão entediadas com o currículo geral e precisam de um diferente para serem motivadas.

Recompensas

Recompensas podem incentivar as crianças a realizarem tarefas que de outra forma não iriam querer fazer. Por exemplo, elas podem ganhar um sorvete depois de aprenderem a tabuada. No entanto, sistemas de recompensa podem sair pela culatra, uma vez que as crianças só se sintam motivadas para executar deveres quando sabem que vão receber uma recompensa. Idealmente, os professores querem que as crianças vejam as tarefas como gratificantes, para que elas as façam mesmo sem um docente.

Elogio

Elogiar é mais eficaz quando as crianças encontram uma tarefa satisfatória em si, uma vez que elas não são propensas a parar de ver as atividades como intrinsecamente gratificantes quando elogiadas, de acordo com o boletim Raising Happiness publicada no site da Universidade de Berkeley. Transmitir entusiasmo pode ajudar a motivar as crianças também.

Engenhocas

A maioria das crianças do século XXI são altamente expostas à tecnologia e se sentem confortáveis ​​usando computadores e dispositivos. Incorporar a tecnologia em atividades pode ajudar a motivá-las, uma vez que acreditam que a informática é interessante e acham-na familiar.

Expectativas

Os professores devem ter expectativas altas para seus alunos e comunicá-las abertamente. Se o docente realisticamente acha que os estudantes podem aprender o cronograma em duas semanas, ele deve lhes dizer que espera que aprendam em uma semana. As crianças, muitas vezes, são mais motivadas em atender expectativas mais elevadas.

Confiança

As crianças muitas vezes não ficam motivadas se perdem a confiança em si mesmas. Os professores devem se envolver em construção ocasional de confiança, apontando os sucessos dos alunos. No entanto, eles devem se certificar de enaltecer apenas as realizações, já que as crianças tendem a se tornarem céticas quando são elogiadas por tarefas fáceis.

Castigo

Alguns professores usam punição para motivar as crianças. Notas baixas castigam as crianças e elas às vezes recebem punições por isso. As que não cooperam frequentemente recebem detenções e outros castigos. Assim como com recompensas, punições muitas vezes só motivam os alunos a não executar uma ação até que o zelador retire a punição.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível