Abelhas africanas e os efeitos colaterais de múltiplas picadas

Escrito por alexander sam | Traduzido por alexandre amorim
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Abelhas africanas e os efeitos colaterais de múltiplas picadas
Abelhas africanas são altamente agressivas e capazes de infligir sérios danos às suas vítimas (bee bees apises beehive hive insect image by Pali A from Fotolia.com)

Abelhas africanas, também conhecidas como abelhas assassinas, foram trazidas para a América do Sul na década de 1950, para produzir abelhas mais eficientes adaptadas às regiões tropicais do Brasil. Assim que foram introduzidas, elas começaram a reproduzir com outras espécies de abelhas, como a abelha europeia, formando um híbrido das duas abelhas. As abelhas africanas são mais protecionistas em relação às suas colmeias e atacam mais agressivamente. 190 mortes por ataques de abelhas africanas foram reportadas entre 1988 e 1993, segundo o U.S. National Library of Medicine.

Outras pessoas estão lendo

Choque, coma e morte

Choque e coma são as reações mais sérias ao ataque de abelhas africanas e indicam que o corpo é incapaz de lidar com a grande quantidade de veneno em circulação pelo sistema. O coma ocorre quando o corpo suspende processos vitais para proteger órgãos vitais. A morte acontece quando o sistema da vítima é completamente destruído pelo veneno e a falha dos órgãos ocorre.

Fraqueza, tontura e fadiga

Múltiplas picadas de abelhas africanas podem fazer a vítima experimentar fraqueza, tontura e fadiga. A maioria desses efeitos são o resultado de 50 ou mais picadas simultâneas dessas abelhas, o que pode causar um acúmulo de veneno no corpo da vítima. Apesar de sérios, esses sintomas são causados por ataques não-letais das abelhas africanas, mas ainda é aconselhado procurar tratamento médico, segundo o U.S. National Library of Medicine.

Vômito e diarreia

Vômitos e diarreia também são efeitos colaterais que normalmente resultam do ataque de uma abelha africana. Um enxame de 100 ou mais abelhas libera uma quantidade grande de veneno, que vai para o sistema da vítima. O corpo responde tentando expulsar as toxinas, através do vômito e da diarreia.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível