Mais
×

Abusar vs. Gastar: Repense sua lista de compras

Leia dicas de uma especialista sobre como poupar dinheiro na hora de fazer a feira
Getty Images

Introdução

À medida que os preços dos alimentos sobem, muitos acabam procurando maneiras de gastar menos nas compras. Alanna Kellogg, autora da coluna de receitas online KitchenParade.com, oferece dicas sobre onde e como poupar — e pelo que vale a pena pagar um pouco mais.

Pague um pouco mais pela carne, se puder
Getty Images

A carne é importante

Quando o assunto é a compra da carne, abuse se puder pagar, pois a qualidade vale mais do que a quantidade. "Frango não congelado faz toda a diferença, mais do que orgânico, mais do que criado em grankas, mais do que a variedade", aponta Alanna. Ela também recomenda comprar peixes pescados de forma sustentável, pois fazem bem para você e para o meio-ambiente.

Evite gastos com sucos de caixinha e refrigerantes
Getty Images

Pague pela comida, não pela água

Cortar a água mineral pode reduzir as despesas, mas não pare por aí. Elimine itens caros que são, basicamente, água. "Estou falando de evitar a água disfarçada de outras coisas", explica Alanna. Por exemplo, evite caldo de galinha enlatado, pois ele é principalmente água, e faça em casa mesmo. Troque feijões em lata por feijões secos cozidos na panela de pressão. Além disso, deixe de lado bebidas ricas em água, como limonada pronta, sucos de caixinha e refrigerantes.

Os temperos são o segredo para qualquer refeição
Martin Poole/Digital Vision/Getty Images

Temperos

Ter temperos frescos à mão é o segredo para preparar ótimas refeições. "Vale a pena pagar um pouco mais por temperos frescos, pois podemos usar seus sabores saudáveis em vez de óleos e sais menos saudáveis para temperar a comida", defende Alanna. Em geral, você precisará substituir os temperos comprados há mais de seis meses, principalmente se já não tiverem mais um aroma forte.

Faça suas próprias misturas de tempero
Getty Images

Faça você mesmo

Embora valha a pena pagar por temperos frescos, a maioria das misturas de temperos — temperos italianos, cajón, chai, chili e curry, por exemplo — não vale o custo, opina Alanna. Na maioria das vezes, são apenas temperos básicos misturados. "As misturas saborosas para carnes — como aqueles para 'acentuar' o sabor do frango e da carne — são principalmente sal, pimenta e açúcar com alguns outros temperos misturados", ela diz. Para poupar dinheiro, apenas misture seus temperos favoritos quando precisar.

Não se distraia com todas as opções disponíveis
Getty Images

Escolha a nata da nata

Leite integral, com baixo teor de gordura, sem gordura, de soja, desnatado, orgânico — temos escolhas demais no corredor de laticínios. Embora mesmo a caixa mais simples não seja barata, Alanna recomenda buscar sempre o melhor. "O leite orgânico é mais saboroso e dura mais tempo", aconselha.

Fique longe de lanches cheios de açúcar
Getty Images

Deixe os doces de lado

Biscoitos, massas, balas e pães embalados parecem tentadores, mas Alanna recomenda ficar longe deles para poupar dinheiro e melhorar a saúde. Em vez disso, se você realmente quiser algo, pergunte a si mesmo 'quero aqueles bolinhos tanto assim, a ponto de fazê-los?' Se a resposta for sim, então compre. Se a resposta for não, dê um descanso ao seu bolso e à sua cintura e fuja dos lanches e sobremesas cheios de açúcar.

Não gaste seu azeite de oliva em tudo
Getty Images

Poupe no azeite de oliva

Sim, cozinhar com azeite de oliva faz bem para o coração — assim como cozinhar com azeite vegetal, de canola ou de amendoim. Guarde seu azeite de oliva extra virgem maravilhoso para pratos especiais que realmente precisam dele, sugere Alanna. "Um bom azeite de oliva é usado não para cozinhar, mas para temperar saladas, sobre bons vegetais e até mesmo usando um pouquinho sobre carnes grelhadas", ela disse. "Use o azeite de oliva em pequenas quantidades".

Cultivar suas ervas é mais barato do que comprá-las
Getty Images

Cultive suas próprias ervas

Ervas frescas realçam os sabores em saladas, sopas, sanduíches, aperitivos e entradas. E, no verão, quando é época delas, ficam ainda mais saborosas, e você pode ficar tentado a usá-las em tudo. "Mas você vai falir se comprar ervas frescas no mercado", aponta Alanna. "Em vez disso, cultive-as — apenas as suas favoritas — pagando alguns reais por elas na primavera e colhendo-as um pouquinho de cada vez durante a temporada de cultivo".

Compre as frutas da época para poupar dinheiro
Getty Images

Aproveite a época certa

É verdade, comprar frutas, legumes e verduras congelados é uma ótima maneira de poupar dinheiro. Mas produtos frescos são saborosos, nutritivos e — bônus! — fazem bem ao meio-ambiente. "Durante a época de colheita, frutas e vegetais frescos geralmente valem o investimento, cultivados em casa, na fazenda e, em muitos casos, até comprados no mercado", diz Alanna. Você não precisa falir para comprar durante a temporada certa. "O truque é saber qual é a época de cada produto em sua região e entender para onde vão os preços", conta.