Como acelerar a recuperação de uma perna quebrada

Escrito por bill herrfeldt | Traduzido por ricardo torres iupi
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como acelerar a recuperação de uma perna quebrada
Obtenha uma cura mais rápida dependendo apenas de seu empenho e força de vontade (ANKLE FRACTURE image by Dr Cano from Fotolia.com)

Eu quebrei minha perna direita há 13 anos, e agora estou me recuperando de uma fratura na esquerda. Como agora eu sou um "expert" em como melhor se recuperar dessa enfermidade, eu gostaria de compartilhar com vocês maneiras de acelerar sua recuperação de uma perna quebrada.

Nível de dificuldade:
Desafiante

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Ouça o seu médico. Havia diferenças na forma como eu quebrei os dois ossos, apesar do fêmur estar envolvido na duas fraturas. Minha primeira fratura foi em linha reta, portanto as ordens do médico eram diferentes das que ele fez dessa vez, já que eu sofri uma fratura em espiral. Na minha primeira lesão, ele me mandou ficar sem pisar no chão nas duas primeiras semanas e, após isso, eu poderia começar a colocar peso sobre ela na medida em que continuasse confortável. Dessa vez, porém, o médico me disse para não colocar nenhum peso sobre a perna por cerca de cinco semanas. Ele argumentou que qualquer peso indevido sobre a perna pode causar uma mudança durante o processo de cicatrização, diminuindo a velocidade do mesmo. Em ambos os casos eu estava usando um andador, por isso podia facilmente seguir as ordens do meu médico.

  2. 2

    Comece a fisioterapia assim que possível. Em ambos os casos, a minha fisioterapia começou um dia depois da minha cirurgia, sendo que os primeiros dias foram os piores. Muitos fisioterapeutas irão basear o tratamento no que o paciente pode aguentar. Se você pretende se recuperar de uma perna quebrada o mais rapidamente possível, subestime a dificuldade que você está enfrentando e incentive o terapeuta a aumentar a intensidade do tratamento. Em pouco tempo, você será capaz de fazer os exercícios com mais facilidade e se recuperará mais rapidamente.

  3. 3

    Os seguintes exercícios foram prescritos para mim, e como eles são bem genéricos, acho que você também irá querer fazê-los. Exercícios de cadeira incluem as duas pernas. Levante cada perna dobrando o joelho, ficando paralelo ao chão, 25 vezes. Em seguida, levante uma perna de cada vez até o mais perto possível de 90 graus, 25 vezes. Então vá até o andador e levante a perna afetada para trás, 25 vezes. Finalmente, levante a afetada para o lado, 25 vezes.

    Finalmente, em sua cama, traga sua perna afetada em direção à sua cabeça, curvando-a na altura do joelho, 25 vezes. Então, com a perna não afetada levantada confortavelmente na altura do joelho, levante a afetada puxando o dedo do pé em direção à sua cabeça, para cima. Faça esse exercício 25 vezes também.

  4. 4

    Faça exercícios nos dias em que sua fisioterapia não esteja agendada. Ao longo desses dias, separe vários momentos para fazer seus exercícios. Tenha certeza de que seu fisioterapeuta lhe dê uma rotina de exercícios que você pode seguir. Como meu fisioterapeuta estava comigo apenas duas vezes por semana, eu achei que poderia fazer mais do que três vezes a quantidade de exercícios do que quando ele estava aqui. Todo esse esforço vai encurtar o seu tempo de recuperação.

  5. 5

    Organize o seu espaço para deixar as coisas mais fáceis para você. Embora possa demandar algum esforço, tente colocar os itens que você usa ​​com frequência onde você os utiliza assim que chega em casa. Por exemplo, na cozinha, mantenha os temperos, o sal, a pimenta e o açúcar por perto. Além disso, peça a alguém para lhe comprar pratos que possam ser facilmente preparados no forno microondas. Finalmente, desenvolva uma rotina de levar refeições prontas para um local onde elas possam ser facilmente consumidas. Além disso, pratos e bandejas descartáveis são indispensáveis.

Dicas & Advertências

  • Esses exercícios foram prescritos para a minha condição. Embora eles possam também ser adequados à sua condição, tenha certeza de que o seu médico e seu fisioterapeuta aprovam esse tratamento antes de prosseguir.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível