Como aconselhar um adolescente sobre bebidas alcoólicas

Escrito por ehow contributor | Traduzido por kauan benthien pereira macedo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como aconselhar um adolescente sobre bebidas alcoólicas
Aconselhe um adolescente sobre bebidas alcoólicas

Beber antes dos 18 anos pode ser um grande problemas para os pais lidarem. Os medos quanto a beber e dirigir e influência dos colegas estão sempre na cabeça dos pais. Siga esses passos para fazer com que seja mais fácil aconselhar um adolescente quanto a bebidas alcoólicas. Você não vai apenas relaxar sua mente, mas também comunicar os fatos.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Primeiro decida a maneira de abordar o adolescente. De acordo com o temperamento do adolescente, descubra se falar durante alguma atividade a dois é um método melhor do que falar formalmente. Divida a conversa em pequenas partes, se possível.

  2. 2

    Recomponha-se antes de tentar falar com o adolescente. Esteja calmo e tranquilo, mesmo que você ache que possa estar incentivando o uso de bebidas alcoólicas.

  3. 3

    Faça o adolescente sentar, ou coloque ele para fazer alguma atividade. Divida suas experiências com bebidas alcoólicas na adolescência para quebrar o gelo e tornar a conversa menos ameaçadora. A maioria dos adolescentes é mais apta a conversas caso sintam que não serão punidos. Tente incentivar e ser familiar ao chegar no problema em vez de ser autoritário.

  4. 4

    Deixe claro para o adolescente que você não está o acusando de nada e apenas quer que ele esteja ciente dos fatos. Pesquise por estatísticas antes de falar com ele, e misture isso com alguns conselhos práticos sobre álcool. Expresse sua preocupação com a segurança dele, e a importância de não dirigir.

  5. 5

    Caso se sinta confortável, e perceba que ele será honesto, pergunte se já consumiu alguma bebida alcoólica. Mostre que você não está bravo, mas expresse seus sentimentos de maneira clara quanto ao comportamento perigoso.

  6. 6

    Faça com que sua conversa se torne uma experiência de união, e não uma palestra. Tente fazer com que ela seja leve, sem jeito de perseguição. Lembre-o de como você se importa com a vida e sobrevivência dele. Esteja disponível para caso o adolescente ache que tenha problemas relacionados a beber e dirigir.

  7. 7

    Tente quebrar a conversa em seções controladas para que o adolescente não se sinta desconfortável ou comece a ignorá-lo. Você não quer dar uma palestra, e sim comunicar seus valores em relação a bebidas alcoólicas e o abuso delas antes dos 18 anos.

Dicas & Advertências

  • Deixe bem claro que a idade legal para beber é de 18 anos. Se ele for pego bebendo antes disso, nem você nem ninguém irá ajudar ou pagar fiança, já que acabaram de ter essa conversa. Essa expectativa faz com que o adolescente seja responsável por seu comportamento, e ele não vai querer lhe desapontar. Seja responsável com seu consumo de álcool para que você não seja visto como um hipócrita. Adolescentes são especialmente sensíveis a adultos com ações e declarações hipócritas. Envolva seu médico na prevenção, pois isso é crucial para a jornada de manter seu filho saudável e seguro.
  • A pior coisa a se fazer é ignorar essa conversa. O resultado na melhor das hipóteses vai ser uma terrível ressaca, mas na pior, será a morte. Não evite esse assunto, ele deve saber de suas expectativas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível