Como acontece um afogamento a seco?

Escrito por maggie hira | Traduzido por laís ferenzini
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como acontece um afogamento a seco?
O afogamento a seco se refere à incapacidade dos pulmões de uma pessoa em extrair o oxigênio do ar (John Foxx/Stockbyte/Getty Images)

Outras pessoas estão lendo

Visão geral

Um afogamento a seco é um termo que se refere à incapacidade dos pulmões de uma pessoa de extrair o oxigênio do ar devido a várias razões, incluindo paralisia muscular, overdose de água (ou seja, beber muita água, o que faz com que o líquido em excesso vá parar nas células do pulmão), respirar por muito tempo um gás diferente do oxigênio e uma perfuração no torso. O termo também se refere a um tipo de morte por “afogamento” que não envolve estar imerso em água ou qualquer outro tipo de fluído. Este pode ocorrer devido a uma doença, acidente, ou ser induzido através de tortura, ao imergir repetidamente uma pessoa em água ou qualquer tipo de líquido. Nos casos de afogamento a seco quando a vítima esteve de fato imersa na água, quase nenhum fluido é encontrado nos pulmões durante a autópsia.

Como ele acontece

Geralmente, o afogamento a seco é o resultado de um espasmo laríngeo, que ocorre devido a uma contração involuntária das cordas na laringe. Elas se contraem quando detectam a entrada de água ou algum outro tipo de líquido, o que resulta em um bloqueio temporário da entrada de oxigênio nos pulmões. Assim, até mesmo um acidente de quase afogamento pode acarretar o afogamento a seco e a morte, já que as cordas na laringe se contraem quando a menor quantidade possível de água entra nos pulmões. Quando a laringe se fecha, a entrada de oxigênio para os pulmões é interrompida, no entanto, o coração continua a bombear sangue para os pulmões e um pouco desse sangue entra no espaço aéreo destes. Eventualmente, a pessoa se afoga em seus próprios fluidos ou morre devido à hipoxia.

Prevenção

O primeiro passo para a prevenção do afogamento a seco é perceber os sinais e sintomas conforme eles apareçam. Alguns dizem que eles incluem a ingestão de pequenas quantidades de água durante a natação, tosse persistente, respiração superficial, falta de ar, dor no peito, confusão, ansiedade, súbita falta de energia e cansaço inexplicável. Se algum destes sintomas persistirem após a natação, é essencial que a pessoa procure por ajuda médica. É importante também notar que os sintomas não vão desaparecer por conta própria ao longo do tempo e irão finalmente resultar em morte. A melhor maneira de tratar o afogamento a seco é ir ao hospital e deixar os profissionais removerem a água dos pulmões.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível