O que acontece se você comer muitas lichias?

Escrito por emily stokes | Traduzido por lara scheffer
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que acontece se você comer muitas lichias?
As lichias são frutas saudáveis, mas devem ser consumidas com moderação (Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images)

As lichias eram muito usadas nas antigas práticas medicinais chinesas e ressurgiram em muitas culturas como frutas saudáveis. Com altos níveis de nutrientes e vitaminas fundamentais, elas são uma boa escolha para aqueles que se alimentam de forma saudável e podem ter certos benefícios à saúde. Contudo, existem relatos de reações adversas em pessoas que as consumiram em excesso. Baseados nesses relatos, os consumidores devem evitar comer mais do que seis ou oito lichias de cada vez.

Outras pessoas estão lendo

Perigos do consumo em excesso

Um conselho de consumidores chineses de 2004 informa que deve-se tomar precauções contra o consumo de lichias em excesso por vários motivos. De acordo com médicos chineses, ele "pode causar hipoglicemia, levando à febre, convulsões e inconsciência". Os médicos ocidentais acreditam que a fruta só é perigosa em excesso se a pessoa for alérgica a lichias, o que poderia causar "pressão baixa, dores gastrointestinais, problemas respiratórios, edemas na pele, tontura e inconsciência". Tanto os profissionais ocidentais quanto os orientais concordam que pessoas que sofrem de diabetes correm um risco maior ao comer lichias em excesso, devido aos seus altos níveis de açúcar, e devem evitar comer mais do que seis ou sete frutas de cada vez.

Efeitos colaterais relatados

As lichias são considerados um alimento "quente" na cultura chinesa, uma classificação que depende nas qualidades energéticas do alimento, por exemplo, se ele é cru ou cozido, qual sua cor e se é picante ou suave. Acredita-se que comer muitos alimentos "quentes" desequilibra o corpo humano — crenças pessoais e folclores acreditam que o consumo de lichias em excesso pode causar sangramentos nasais, dor de garganta e feridas na boca. Elizabeth Lee, do site HealthRabbit.com, relata que apresentou dor de garganta durante um curto período de tempo no qual ela comia lichias com frequência.

Folclore

Su Tung Po, um poeta, pintor e escritor satírico chinês durante a dinastia Song, escreveu um famoso poema sobre comer 300 lichias por dia para se consolar enquanto estava no exílio. Mais recentemente, um paciente com úlceras estomacais na Flórida declarou que comer de uma a três lichias antes de refeições grandes o ajudou a se sentir mais confortável após a alimentação e pode ter ajudado na digestão.

Benefícios à saúde

Apesar dos possíveis riscos de se consumir as lichias em excesso, consumi-las de forma moderada pode ter alguns efeitos positivos. A fruta contém níveis significantes de ferro, cálcio, proteína, fibra e potássio, e seu alto nível de vitamina C fornece antioxidantes importantes para a imunidade do corpo. Além disso, elas também podem ajudar a prevenir a osteoporose, inchaços nas glândulas, gastralgia e tosses.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível