O que acontece quando uma frente fria encontra uma frente quente?

Escrito por alan osborne | Traduzido por antônio melo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que acontece quando uma frente fria encontra uma frente quente?
O encontro de frentes quentes e frias pode resultar em tempestades (NA/Photos.com/Getty Images)

Uma "frente" é, basicamente, um limite. Em termos meteorológicos, frente quente é o limite entre uma massa de ar quente e o ar ao seu redor. Contrariamente, uma frente fria é o limite entre uma massa de ar frio e o ar acerca dela.

Outras pessoas estão lendo

Frentes quentes

Massas de ar quente são geralmente encontradas em regiões tropicais onde a temperatura é mais elevada. Frentes quentes normalmente se formam no lado leste de um centro de baixa pressão, onde os ventos vindos do sul empurram o ar para o norte. No hemisfério norte, elas geralmente viajam do sudoeste ao nordeste. Como o ar quente geralmente vem dos trópicos, ele acaba transportando mais vapor de água. Apesar desta carga extra, ele é mais leve e menos denso do que o ar frio, fazendo com que o ar mais frio recue antes do ar quente, quando ele o estiver substituindo.

Frentes frias

As massas de ar frio normalmente são formadas nos pólos da Terra, longe do equador, e são conhecidas como massas de ar polar ou ártico. No hemisfério norte, elas geralmente são formados a oeste do centro de alta pressão, onde os ventos do norte empurram o ar para o sul. A parte da frente dessa massa de ar viaja habitualmente do nordeste para o sudoeste. O ar é mais frio na parte de trás de uma frente fria, e por isso tem pressão mais elevada. Isso comumente resulta em dias mais claros uma vez que a frente tenha passado.

Quando as frentes colidem

Quando uma frente fria encontra com uma quente, elas não se misturam devido à diferença de temperaturas e densidades. O resultado é que o ar quente, sendo mais leve, normalmente será empurrado sobre o ar mais frio. O ar esfria à medida que sobe. Quando isso acontece, o vapor de água se condensa, formando nuvens. Elas são comuns ao longo das fronteiras de frentes frias. Se uma frente quente está encontrando uma frente fria e vice-versa, a precipitação é provável. Mas, embora ambos os tipos de colisão possam resultar em condições climáticas, elas não são iguais em termos de gravidade.

Efeitos sobre o tempo

Frentes frias geralmente se movem mais rapidamente do que as quentes. Elas também têm bordas mais íngremes. Quando estas bordas deslocam o ar quente ao redor, ele é forçado a subir rapidamente. O rápido avanço de uma frente fria pode baixar a temperatura do solo em até 9 °C. Ela também pode produzir eventos climáticos extremos, incluindo rajadas de neve no norte do país, tempestades e até tornados.

Por outro lado, as frentes quentes se movem mais lentamente, e a massa de ar tem um declive suave. Como resultado, as condições climáticas resultantes são menos suscetíveis a serem de maior intensidade. No entanto, a precipitação causada pode durar dias.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível