O que acontece quando dois polos norte dos ímãs se encontram?

Escrito por katie leigh | Traduzido por marcos vinicios de araújo barros
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Os ímãs são objetos que atraem objetos feitos de certos tipos de metais. Todos os ímãs têm dois polos que emitem forças opostas. As extremidades de um ímã são chamadas de: polo norte e sul. Eles têm esses nomes, porque, quando suspenso por uma corda ou imersos na água, a extremidade norte aponta em direção ao polo norte da Terra, enquanto a sul aponta para o polo sul. Um fato incomum sobre os ímãs é que, se, por exemplo, uma barra de ímã for cortada ao meio, cada pedaço ainda assim manterá as forças nos polos norte e sul.

Outras pessoas estão lendo

A atração entre as forças

Os polos opostos de um ímã se atraem mutuamente, ao passo que, os iguais se repelem. Quando o polo norte de um imã fica alinhado com o sul de outro, essa duas extremidades tendem a alinharem-se . No entanto, quando são alinhados dois polos norte, os dois imãs afastam-se: porque suas forças não são compatíveis.

Por que os polos iguais se repelem?

Os polos norte e sul de um ímã criam um campo magnético circular que flui entre eles. Quando um polo oposto é introduzido nesse espaço, ele é aceito porque não interrompe o campo. No entanto, quando um polo igual tenta interferir, logo é repelido porque a força dele interromperia o campo magnético. Um polo norte não pode criar um campo magnético com outro norte, porque a força semelhante os empurra em direções opostas. Ao passo que as forças opostas se atraem.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível