O que acontece quando um resistor queima?

Escrito por timothy boyer | Traduzido por marcelo couto
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que acontece quando um resistor queima?
A potência de um resistor comum pode variar de 1/8 a 225 watts (Comstock/Comstock/Getty Images)

O resistor é um dispositivo eletrônico projetado para limitar o fluxo de eletricidade em um circuito. Ele realiza essa tarefa por ser feito de materiais que são semicondutores. Quando a eletricidade é conduzida através de um resistor, gera-se calor que se dissipa pelo ar ao seu redor. Sob tensão excessiva, esse componente gera tanto calor que não consegue dissipá-lo rápido o suficiente para evitar que queime.

Outras pessoas estão lendo

Aquecimento normal do resistor

Os resistores são projetados para operar sob tensões específicas. A tensão nominal de um resistor é designada pelo valor de potência. Quando esse componente trabalha sob uma carga normal de tensão, ele opera como deveria em condições normais ou abaixo da sua potência nominal. O resistor estará frio ou morno ao toque. A temperatura relativamente baixa é resultado do componente agindo como um semicondutor, o que significa que ele permite o fluxo de somente uma determinada quantia de corrente.

A corrente é o fluxo de elétrons. Quando os elétrons encontram resistência, como acontece em um material semicondutor, eles produzem calor. Os resistores são projetados para dissipar o calor de modo que o material semicondutor não seja danificado.

Superaquecimento do resistor

Quando um resistor é colocado sob uma tensão que se aproxima do limite da potência nominal, ele gera mais calor do que o normal. Isso se deve à tentativa da tensão de forçar mais corrente (elétrons) através do componente do que ele é projetado para deixar passar. O resistor estará quente ao toque e um leve aroma de queimado poderá ser percebido. O aroma é a quebra dos componentes do resistor: o carbono, o agente de ligação de argila e o pigmento do código de cores pintado nele.

Queima do resistor

Quando um resistor estiver sobrecarregado com tensão que excede a potência nominal, ele se tornará quente ao toque, consideravelmente escuro e possivelmente derreterá ou pegará fogo. Apesar do componente parecer danificado nesse ponto, ainda pode estar funcionando. No entanto, a resistência pode ser menor do que o valor original.

Resistor queimado

Nesse ponto, o resistor é incapaz de resistir ao fluxo de corrente forçado pelo excesso de tensão e o componente quebrará. Quando isso acontece, a corrente tipicamente flui pelo resistor queimado sem oposição e, portanto, passa sem ser verificada. Outros componentes no circuito podem ser danificados pelo excesso do fluxo de corrente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível