Quando adicionar sal à uma piscina?

Escrito por eoghan mccloskey | Traduzido por bruno manuel silva morais
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quando adicionar sal à uma piscina?
Cloradores de sal são uma excelente alternativa para a higienização da sua piscina (Brand X Pictures/Stockbyte/Getty Images)

Cloradores de sal são um meio alternativo para a higienização em sua piscina, evitando algas, bolor e crescimento microbiano. Em vez de simplesmente adicionar cloro à água da piscina, cloradores de sal usam eletrólise para converter grânulos de sal em cloro e dispersá-lo para desinfectar a água da piscina. A eletrólise não degrada o sal, mas você vai precisar, independentemente disso, trocar o sal ocasionalmente no clorador de sal. A frequência de mudança de sal em seu clorador depende de muitos fatores específicos para a sua piscina, mas com certa consideração, você pode saber exatamente quando trocar o sal em seu clorador.

Outras pessoas estão lendo

Perda de sal

A eletrólise que converte o sal em cloro não conduz a perda de sal, mas há outros factores que o fazem. Retrolavar o sistema de filtro de sua piscina ou a água da piscina espirrando fora são as duas causas mais comuns de perda de sal em cloradores. Monitorar seu nível de sal também é útil na medida em que a perda de sal rápida e frequente pode ser um indício de um vazamento na superfície de sua piscina. Condições atmosféricas simples e incontroláveis também podem ser responsáveis pela perda de sal na água da piscina.

Quando adicionar sal

A maioria dos fabricantes de cloradores de sal imprimem indicadores simples ou fornecem instruções detalhadas sobre como monitorar os níveis de sal da sua piscina e como você pode saber quando você vai precisar adicionar mais. Cloradores de sal variam muito de acordo com seu tamanho e níveis de sal recomendados, por isso, é impossível gerar uma regra única e rápida que se aplique a todos os cloradores de sal. Em geral, no entanto, você pode calcular 25 a 50 por cento da quantidade total de sal que você adicionou ao clorador após a instalação e esperar adicionar esse valor, uma vez por ano. Se o seu clorador de sal usa um indicador partes por milhão (ppm) para a saturação de sal, a maioria dos cloradores de sal irá recomendar uma saturação de 2.000 a 5.000 ppm, embora novamente as instruções do fabricante terão informações mais detalhadas sobre os níveis de saturação de sal. Você deve adicionar sal ao clorador a toda e qualquer hora em que a saturação cai abaixo do nível recomendado pelo fabricante.

Sais

A pureza é o fator mais importante ao escolher um sal para adicionar ao seu clorador. Os fabricantes recomendam um sal que é mais de 99% puro, sem aditivos químicos. Nunca use sal iodado. Fabricantes de sal, como Morton oferecem agora "sal para piscinas" e produtos similares feitos especialmente para cloradores. Em alternativa, os fabricantes de cloradores de sal e lojas de materiais de piscina carregam seus próprios sais para uso em cloradores. Se você não pode comprar o sal diretamente do fabricante ou loja de materiais de piscina, use somente o mais puro sal não iodado que você conseguir encontrar.

Outras considerações

Se você tiver dificuldade em ler o indicador de saturação de sal do clorador, acha que ele pode estar com defeito ou simplesmente não quer ter que lidar com a adição de sal por conta própria, fazer um teste profissional à água da piscina pode ser uma boa alternativa. Um profissional pode medir com precisão os níveis de saturação de sal para testar se o seu clorador faz leituras precisas da água da piscina e recomendar se você precisa adicionar mais.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível