Como fazer adubos usando sal de Epsom

Escrito por meg butler | Traduzido por yago lima
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer adubos usando sal de Epsom
O sal de Epsom é bom para certas plantas (Keith Brofsky/Photodisc/Getty Images)

O sal de Epsom tem esse nome por causa de Epsom, na Inglaterra, onde o sal era destilado a partir da água nascente local. O sal de Epsom tem uma variedade de usos práticos porque é rico em sulfato de magnésio, sendo frequentemente usado como adubo em áreas onde os níveis de magnésio são baixos. Esse adubo natural para plantas é fácil de se fazer e de se aplicar.

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Sal de Epsom
  • Um grande recipiente
  • Colheres de medição
  • Água
  • Uma garrafa de spray

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Adicione o sal de Epsom em um recipiente que contenha mais de 4 litros de líquido. Use uma colher de sopa para adubar pimentas, um metro quadrado para arbustos (medido do solo abaixo das copas) e 30 cm de altura para tomates. Use duas colheres de sopa para adubar um metro quadrado de árvores (medidos do solo abaixo da copa das árvores).

  2. 2

    Despeje 1/4 da água quente nos sais de Epsom.

  3. 3

    Misture bem a água, até que o sal se dissolva completamente.

  4. 4

    Coloque 3/4 de água gelada e misture bem. A mistura deve ficar com uma temperatura próxima da ambiente.

  5. 5

    Aplique a mistura com temperatura ambiente em suas plantas. Para as pimentas, coloque a mistura na garrafa spray e aplique borrifando, quando elas estiverem em época de floração. Repita esse mesmo processo depois de dez dias. Já para os tomates e arbustos, regue-os utilizando a mistura para umedecer 20 cm de solo. Repita esse mesmo processo duas vezes por semana para os tomates, apesar dos arbustos conseguirem ficar quatro semanas entre os períodos de regagem. Regue as árvores usando a mistura de Sal de Epsom em toda a copa. Repita esse mesmo processo 3 vezes por ano.

Dicas & Advertências

  • Somente as folhas perenes, azaleias e rododendros precisam ser adubados com sal de Epsom.
  • Para árvores com grandes raízes, adicione mais quatro litros ou somente mais água na mistura, para dissolver. Certifique-se de agitá-la bem.
  • Armazene o sal de Epsom que não foi utilizado em um local escuro e fresco.
  • De acordo com Linda Chalker-Scott, Ph.D. da Universidade do Estado de Washington, Horticultora urbana, o sal de Epsom nem sempre é necessário. Ele só deve ser aplicado a certas plantas que habitam em solos cuja deficiência de magnésio é atestada por teste. Caso esse sal seja utilizado em plantas com baixa necessidade de magnésio ou que sejam cultivadas em solos saudáveis, ele poderá prejudicá-las.
  • Nunca aplique sal de Epsom em plantas de sálvia.
  • Não use sal de Epsom em plantas em vasos. O acúmulo de sal no recipiente pode prejudicar a planta.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível