Água contaminada e presença de microrganismos

Escrito por mark fitzpatrick | Traduzido por joão melo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Água contaminada e presença de microrganismos
Apesar de beber água ser um ato relativamente seguro, ela pode estar contaminada com micróbios (Thinkstock/Comstock/Getty Images)

Os microrganismos, como as bactérias, presentes na água, ameaçam a saúde pessoal e pública. De acordo com a Oregon State University, a bactéria causadora da febre tifoide foi encontrada com frequência em suprimentos de água dos Estados Unidos entre 1920 e 1960. Mesmo contando com a melhor estrutura pública, fatores ambientais, como a erosão química relacionada à agricultura, podem afetar as reservas de água. A água não potável pode conter muitos micróbios que causam doenças em nadadores.

Outras pessoas estão lendo

Infecção por parasitas

Micróbios como os parasitas podem estar presentes em suprimentos de água. A Giardia lamblia é um protozoário que vive na água e que pode invadir fontes através de contaminação acidental por esgoto. De acordo com a Oregon State University, um parasita como a Giardia se dirige para o intestino onde dá origem a cistos resistentes e, geralmente, não é proveniente de fontes isoladas. Surtos de infecção parasitária não são incomuns; a McDaniel College relata que, em 1998, a cidade de Austin, no Texas, passou por um surto de Cryptosporidium. Todas as parasitoses podem causar cólicas, diarreia e náuseas.

Sinais sensoriais

Apesar de nem toda água contaminada apresentar os mesmos indícios visuais da presença de microrganismos, o Hygienic Laboratory, da University of Iowa, afirma que sinais sensoriais de que a água está ruim indicam, geralmente, que ela realmente não está boa. Por exemplo, se houver odor ou gosto, exite a possibilidade da presença de organismos como bactérias. Elas também podem induzir mudanças químicas no elemento, fazendo com que pareça ou tenha odor de sujeira. A classe mais comum do microrganismo que provoca isso são os coliformes, os quais são geralmente seguros. No entanto, qualquer sinal de problemas gastrointestinais é um indício de que a água está contaminada.

Condições gastrointestinais severas

Quase todo microrganismo encontrado na água provoca algum tipo de desconforto gastrointestinal. Entretanto, algumas cepas bacterianas causam doença séria. A cepa mortal de E. coli tem sido historicamente encontrada em fontes de água dos Estados Unidos. A E. coli não somente mexe com o sistema digestivo, como também pode se disseminar para o sistema nervoso, promovendo danos maiores e morte. A bactéria H. pylori tem sido associada ao risco aumentado de desenvolvimento de úlceras e transformação do câncer gástrico.

Outras doenças

Beber água contaminada é perigoso para imunocomprometidos. Crianças, idosos e portadores de doenças crônicas são mais suscetíveis aos microrganismos presentes na água contaminada do que adultos saudáveis. Os indivíduos que possuem o sistema imunológico enfraquecido podem apresentar sintomas mais severos de infecções por bactérias e parasitas de água. Por exemplo, a giardíase, diarreia causada pela Giardia lamblia, é facilmente vencida pelo sistema imunológico dentro de poucos dias. No entanto, os doentes, as crianças e os idosos podem não se curar, havendo a possibilidade de desidratação e hospitalização. Se houver uma condição prévia, a água contaminada poderá piorar o quadro.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível