Como ajudar alguém a se recuperar depois de um acidente de carro

Escrito por ehow contributor | Traduzido por marcella narvaes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como ajudar alguém a se recuperar depois de um acidente de carro
Como lidar com um acidente de carro

As estradas estão mais para uma pista de obstáculos repleta de motoristas distraídos do que uma via de transporte. O estado emocional de uma pessoa depois de um acidente de carro é precário. Ajudar um motorista a lidar com o evento é importantíssimo no processo de recuperação após o trauma.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Procure amigos e familiares que estiveram envolvidos em acidentes de carro. Geralmente, conversar sobre o evento com pessoas que passaram pela mesma situação pode ajudar na recuperação.

  2. 2

    Volte à cena do acidente. Visualizar o local do acidente pode ajudar a pessoa a se abrir sobre o que aconteceu. Contudo, tenha cuidado, pois a vítima pode não estar pronta para voltar àquele lugar. Infelizmente, não há regras para determinar o momento propício. Converse com a vítima e deixe a visita para quando ela se sentir confortável com a ideia.

  3. 3

    Entenda que a gravidade dos ferimentos não equivale diretamente ao trauma do acidente. Até em pequenos acidentes, as pessoas podem sofrer estresse pós-traumático. Há vários motivos para isso, como relembrar um trauma esquecido de um acidente anterior.

  4. 4

    Escute. Geralmente, as pessoas que tentam ajudar outras depois de um acidente costumam abordar o evento sob sua própria perspectiva. Se a vítima pedir sua opinião, sinta-se livre para compartilhá-la. Do contrário, apenas ouça e deixe que a outra pessoa conte sobre o que aconteceu.

  5. 5

    Leve a vítima do acidente para um passeio de carro. Quando for a hora certa, leve-a para um passeio, dirigindo por áreas menos congestionadas, para acostumá-la com a estrada novamente. Então, com calma, aumente o nível de congestionamento até que a pessoa se sinta confortável na rua de novo. E lembre-se, tenha cuidado e atente-se às respostas verbais e não verbais da vítima.

  6. 6

    Preste atenção às dicas não verbais da vítima. Apesar de talvez a pessoa afirmar que está bem, suas intonações vocais e linguagem corporal podem indicar o contrário. A pessoa está tensa no carro? O tom de voz muda quando a pessoa fala do acidente? Esses e outros indícios podem demonstrar que a vítima ainda não se recuperou do trauma.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível