on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Como ajudar crianças a lidar com a morte da mãe ou de um ente querido

Atualizado em 21 novembro, 2016

Perder um ente querido é uma parte difícil da vida, mas para uma criança, a morte de uma mãe ou outro membro próximo da família é um evento que transforma completamente sua vida e que pode causar dificuldades emocionais sérias. Saber como responder apropriadamente a uma perda como essa é importante. O aconselhamento sobre luto e a ajuda de outros membros da família são recomendados mas, nas interações cotidianas, o apoio a uma criança de luto é o aspecto mais importante de todos.

Instruções

A perda de uma mãe ou outro ente querido representa uma grande crise para uma criança (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)
  1. Reafirme à criança que ela está segura e que qualquer perturbação que a morte tenha causado será tratada. Elas precisam saber que suas necessidades básicas serão atendidas e que a segurança da qual elas precisam será dada.

    Loading...
  2. Seja direito ao seu comunicar com a criança. Não evite nenhuma pergunta, mesmo se ela for difícil de responder. Seja o mais honesto possível. Tente falar de uma forma clara e use palavras concretas; evite frases e uma linguagem que possa confundir a criança.

  3. Tenha certeza de que a criança entende que não é culpada de nada e que não deve sentir culpa nenhuma com relação à perda ou com relação às emoções que pode estar sentindo, como raiva.

  4. Mantenha uma rotina normal, o máximo que conseguir. Essa também é outra forma de ajudar uma criança a se sentir segura e bem cuidada.

  5. Deixe que a criança vá ao funeral, não importa a idade que tenha, se for algo que ela expresse que quer fazer. Durante o evento, se uma criança quiser chorar, nunca tente impedi-la de fazer isso. Se ela não estiver parecendo estar tão triste, também não a force a lamentar. Uma criança vai passar por vários humores e estágios e impor uma forma de agir ou como lamentar não ajudará em nada, e sim piorará.

  6. Preste atenção em como uma criança brinca. Muitos medos, pensamentos e emoções são expressos pelas brincadeiras, histórias e desenhos que os pequenos fazem.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...