×
Loading ...

Como ajudar seus filhos com as tarefas escolares

michaeljung/iStock/Getty Images

Introdução

Há crianças que naturalmente têm uma inclinação para os estudos, gostam dos livros, se interessam mais pela leitura e tem sede de aprender o que é ensinado na escola. Se seu filho é assim, ótimo. Há outras, entretanto, que não possuem essa facilidade e nem por isso são menos inteligentes ou aplicadas, apenas têm outras maneiras de aprender o mundo que não por meio do ensino tradicional. Afinal, entender que há muitas formas de se aprender é um grande passo para não cair na aflição. Seja qual for o caso, ajudar seu filho com os deveres de casa é papel de todo pai, seja ele um excelente aluno ou não. Veja, a seguir, algumas dicas para fazer isso de forma positiva.

Nick White/Digital Vision/Getty Images

Esteja próximo de seu filho

Como para quase tudo do universo infantil, estar ao lado dos filhos, passando-lhes segurança e conforto, é fundamental para que ele se sintam confiantes e possam desenvolver suas habilidades de maneira satisfatória. Portanto, é preciso se fazer presente na vida escolar do filho, dedicando-lhe um tempo diariamente para acompanhar a tarefa. Sobretudo em tempos modernos, quando quase todos os pais e mães trabalham fora e em duras rotinas, transmitir atenção às crianças quando estão em casa é ainda mais importante.

Jupiterimages/Comstock/Getty Images

Acompanhe, mas não faça por ele

Dar o suporte que o filho precisa na hora de estudar é excelente, entretanto muitos pais caem na tentação de fazer a tarefa pelo filho. Essa não é uma prática saudável, pois se a criança não pratica, não aprende. Segure a tentação de ir mais rápido e terminar logo a tarefa, tenha paciência para ensinar e explique quantas vezes forem necessárias.

Jupiterimages/Comstock/Getty Images

Estabeleça um horário para a tarefa

Crianças, desde as mais pequenas até as mais velhas, precisam de alguém que lhes guie. Elas necessitam de ordens, caminhos a seguir e regras bem estabelecidas, já que não têm maturidade emocional para dar conta da vida sozinhas. É por isso, claro, que existem os pais. Para que a tarefa de casa não fique jogada em qualquer momento do dia, ela deve ter um horário estabelecido. Nesta mesma hora, todos os dias, seu filho se dedicará aos deveres escolares. De preferência, que esse tempo seja quando o pai ou a mãe estejam em casa e possam acompanhar o pequeno estudante.

Jupiterimages/Pixland/Getty Images

Escolha um lugar adequado e confortável

Se não houver um lugar confortável para a criança fazer a tarefa, ela não vai conseguir se concentrar com a dedicação que precisa. Ter um lugar definido para fazer os deveres é mais que importante. O ideal é que seja uma mesa espaçosa, a cadeira seja reta e tenha encosto e braços na posição correta, que seja coerente com a altura da criança. Além disso, é preciso ter iluminação suficiente e abundante. Se o estudante não se sentir confortável fisicamente no lugar em que faz o dever, vai se cansar mais facilmente e não terá forças para terminar o que precisa ser feito.

Comstock/Comstock/Getty Images

Tenha paciência

Dizem que ensinar é um dos ofícios mais difíceis de quase todas as profissões. Isso por que é preciso se doar, ter paciência para explicar quantas vezes forem necessárias e sentir-se seguro para passar o conhecimento. Com os pais, no momento de ajudar os filhos a fazeram a lição de casa, o trabalho também não é muito diferente. Afinal, a palavrinha de ordem é paciência! Não raras as vezes em que seu filho terá problemas em entender ou se negará a fazer o trabalho. Nessa hora, gritar, bater ou se exaltar não vai ajudar em nada. Paciência sempre!

Stockbyte/Stockbyte/Getty Images

Explique a importância do dever de casa

Quando não entendemos ao certo o porquê de desempenharmos um tarefa, simplesmente essa ação fica sem sentido e acabamos por não dedicar a atenção que ela precisa. Por isso, explique a importância da lição para seu filho, diga que é um reforço, que ele precisa praticar fora do período da escola para gravar o que foi aprendido, que é por meio dos exercícios que o cérebro capta a informação. Dê quantas informações forem necessárias para que ele entenda e compreenda a importância daquilo que está fazendo. Assim, conseguirá fazer com mais empenho.

Jupiterimages/Polka Dot/Getty Images

Seja flexível

Natural que pais queiram todo o sucesso e bom desenvolvimento para seus filhos. Estimular, incentivar e dar insumos para que eles consigam ir além é sempre um desejo. Mas, não sempre e nem em todas as atividades que as crianças vão responder à altura da expectativa de seus pais. Entender que cada um tem uma potencialidade diferente é importante para não cobrar demais. Esperar sempre nota 10 é uma cilada, tanto para os pais quanto para o estudante, que ficará cada vez mais inseguro e com medo de frustrar quem mais ama. Seja flexível com as dificuldades nas tarefas escolares.

Stockbyte/Stockbyte/Getty Images

Prepare-se para a hora da tarefa

Você teve um dia difícil, brigou com o chefe no trabalho e levou uma fechada daquelas no trânsito, quando voltava para a casa. Sentar para fazer lição de casa com seu filho nesse estado é garantia de estresse. Acalme-se, tome um banho, coma alguma coisa e só depois, mais calma, comece a empreitada diária da tarefa de casa. Assim, ambos terão a tranquilidade necessária para se concentrarem no dever e conclui-los de forma satisfatória.

Jupiterimages/Pixland/Getty Images

Elogie nos acertos

Naturalmente, muitos pais têm uma tendência normal a cobrar muito de seus filhos. E isso não é por mal, querem apenas que andem no bom caminho e não se desviem. Entretanto, saber a hora de elogiar também é super importante. Elogie e valorize os acertos e avanços de seu filho na tarefa de casa. Assim, ele se sentirá mais seguro e confiante para ir adiante de forma satisfatória.

Jupiterimages/Pixland/Getty Images

Peça ajuda a outros membros da família

Você pode ser boa em Língua Portuguesa, mas ter muita dificuldade em Matemática. Já seu marido pode ser um exímio contador de fatos da História, mas não se lembrar o que significa uma coordenada geométrica da Geografia. Claro, normal, as pessoas têm habilidades diferentes e ninguém é bom em tudo. Na hora de ajudar seu filho nas tarefas escolares, divida essa responsabilidade com outros membros da família. Vale o papai, a vovó e até o irmão mais velho. Assim, cada um ajudará com aquilo que tem mais familiaridade e domínio. Quem tem a ganhar é seu filho, que terá ajuda de qualidade em cada uma das matérias.

George Doyle/Stockbyte/Getty Images

Não prometa nada em troca

Bom desempenho escolar, assim como todos os outros valores morais que os pais devem ensinar aos filhos, não são comprados. Fazer chantagem emocional ou dar dinheiro e outras coisas materiais, como forma de premiação, não ajudará para que seu filho faça bem a tarefa de casa ou se saia bem na escola. Pode até ser que a curto prazo funcione, mas no futuro isso só o tornará uma criança mimada e interesseira.

Stockbyte/Stockbyte/Getty Images

Ouça e ofereça seu apoio

A melhor maneira que um pai sempre terá de ajudar seu filho é escutando-o. Não há segredo! E a criança ou adolescente só vai se abrir se sentir confiança e segurança para tal. Por isso, esteja próximo de seu filho, encoraje-o a ter em você um porto-seguro e deixe-o livre para falar sobre suas dificuldades, caso as tenha na escola, e as conquistas. Assim, sabendo o que se passa na cabecinha dele, vai ficar mais fácil ajudar e encontrar a melhor solução para cada um dos desafios da pessoinha que você mais ama no mundo, seu filhote.