Como ajustar um tensor de correia

Escrito por jody l. campbell | Traduzido por thiago andre scarani
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como ajustar um tensor de correia
Algumas correias de acessórios precisam que sua tensão seja ajustada manualmente (timing belt image by Albert Lozano from Fotolia.com)

Existem algumas formas diferentes de ajustar a tensão das correias de acessórios de um veículo. O tipo de correia mais comum utilizado hoje em dia é a Poly-V, que se conecta a todas as polias do motor, e não precisa de ajustes de tensão, pois incorpora um tensor automático. Este tipo de tensor possui uma mola interna, que aplica a tensão correta. Alguns veículos mais antigos, e alguns importados, podem usar uma combinação de correias em V e Poly-V, em polias deslocadas, que ainda são controladas pela polia do virabrequim. Esses sistemas geralmente possuem tensores ajustáveis.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Conjunto de chaves de soquete com catraca
  • Pé-de-cabra
  • Conjunto de chaves de boca
  • Elevador automotivo (opcional)
  • Pistola pneumática (opcional)
  • Conjunto de soquetes para pistola (opcional)

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Abra o capô e encontre o sistema de correias dos acessórios. De acordo com o veículo, o sistema de ajuste de tensão será diferente, bem como o método e a localização do mecanismo. Alguns modelos importados, por exemplo, podem necessitar da retirada de um pneu dianteiro e do pára-barro para acessar o tensor.

  2. 2

    Determine a localização dos tensores de cada correia e do que é necessário para acessá-los. Por exemplo, levante o veículo, remova o pneu e o pára-barro (use o elevador, a pistola pneumática e um soquete apropriado para a roda) ou encontre o tensor superior e determine as ferramentas necessárias para fazer o ajuste.

  3. 3

    Solte o suporte com a fenda do alternador se o formato do veículo permitir. Alguns veículos mais antigos permitem que você solte os parafusos do alternador, incluindo o que prende o suporte, o que permite que o alternador se mova livremente pela fenda do suporte. Para remover a correia ou reduzir a tensão, basta mover o alternador para a posição que a alivia, e para aumentá-la, o alternador deve ser forçado contra as polias opostas, e então apertado.

  4. 4

    Se os ajustes forem feitos através de parafusos, encontre-os próximos ao alternador. Essa configuração é bastante comum em veículos que usam tensores manuais. Um único parafuso deve ser solto no sentido anti-horário, com uma chave de boca ou soquete com catraca. Para remover a correia, deve-se soltar uma polia, de forma que ela fique frouxa o suficiente para se remover a correia ao soltar o parafuso. Para ajustar a tensão, gire o parafuso no sentido horário para aumentar a tensão, até chegar na desejada.

  5. 5

    Teste a tensão das correias. De modo geral, você deve conseguir torcer a correia com seu polegar e outro dedo por meia volta, e então encontrará uma resistência considerável. Se conseguir torcê-la mais do que isso, ela não está com tensão suficiente, e se não conseguir girá-la esse tanto, está com tensão demais. Se a correia estiver frouxa, ela se desgastará prematuramente, pois deslizará pelas polias, e o alternador não conseguirá carregar a bateria completamente. Outro efeito colateral da tensão insuficiente é um ruído característico da correia durante a operação do veículo, nos momentos em que ela desliza. Se a correia estiver apertada demais, ela pode danificar os rolamentos das polias, sobreaquecer e desgastar antes do normal.

  6. 6

    Remonte tudo que desmontou, invertendo o processo que foi necessário para acessar os tensores. Teste o veículo por vários minutos e desligue-o. Toque as correias com suas mãos para testar a tensão e ver se as correias estão aquecendo demais.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível