Alergia à adesivos

Escrito por suzanne s. wiley | Traduzido por henrique bellinati robert pires
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Alergia à adesivos
O que voce acredita ser uma alergia pode ser apenas uma irritação. (bandage image by Byron Moore from Fotolia.com)

O termo "alergia à adesivos" se refere ou a uma forma de dermatite de contato alérgica (DCA), ou à dermatite de contato irritante (DCI). A primeira é uma verdadeira alergia na qual seu sistema imunológico reage ao contato de uma substância, e a segunda é uma irritação causada pelo contato de uma substância ou objeto com a sua pele.

Outras pessoas estão lendo

Dermatite de contato irritante

O que muitos acreditam ser uma reação alérgica, na verdade é uma irritação de pele. Um curativo pode puxar e se esfregar contra a sua pele, retirando "óleos e umidade de sua camada exterior, permitindo assim que substâncias irritantes penetrem em camadas mais profundas da pele, causando maiores danos por inflamação", de acordo com a DermNet NZ.

Alergias ao látex e produtos químicos

É possível que a reação se deva a uma alergia, seja a um dos ingredientes do adesivo, ou ao látex do curativo. Nesse caso, seu sistema imunológico identifica o látex ou outro ingrediente do curativo como um inimigo, o que resulta na reação alérgica na pele.

Outras causas

Às vezes, a reação alérgica resulta de outra substância que acompanha o curativo, como o medicamento tópico. Um estudo feito em 2008 pela Universidade de Saúde e Ciência de Oregon (Oregon Health and Science University) que investigou alergias à adesivos descobriu vários pacientes que, na verdade, possuíam DCI ou alergia à medicamentos tópicos como o bacitracin.

Coexistência

Diferenciar uma DCA de uma DCI em um diagnóstico é algo complicado, pois ambas as reações podem coexistir. DermNet NZ repara que testes com esparadrapos podem identificar uma DCA, mas esses testes não conseguem eliminar a possibilidade de a reação ser causada em parte por uma simples irritação.

Tratamento

Tratamentos tanto para reações alérgicas, quanto para irritações envolvem uso de cremes anti-inflamatórios e cremes hidratantes; infecções secundárias requerem uso de antibióticos. Reações alérgicas mais fortes podem requerer o uso de anti-inflamatórios orais.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível