Alergia à saliva de pulgas

Escrito por tracy hodge | Traduzido por juliana néris nakanejo
Alergia à saliva de pulgas

Dermatite alérgica causada por picadas de pulgas é a doença de pele mais comum em cães

portrait of a longhaired puppy dachshund image by Ivonne Wierink from Fotolia.com

Dermatite alérgica causada por picadas de pulgas também é conhecida como alergia à saliva de pulgas. Essa condição é a doença de pele mais comum em cães e pode causar coceira intensa. Infecções de pele secundárias também podem se desenvolver como resultado da arranhadura. A alergia à saliva de pulgas frequentemente começa quando o cão é jovem, mas pode ocorrer em qualquer idade.

Outras pessoas estão lendo

Identificação

A dermatite alérgica por picada de pulgas é causada por hipersensibilidade à saliva desses insetos. Os cães que desenvolvem essa doença frequentemente têm poucas pulgas porque cuidam do pelo excessivamente, entretanto, eles podem apresentar os sintomas mesmo com as picadas de poucas pulgas. A maioria dos cães que apresentam essa alergia sentem a piora dos sintomas quando ficam mais velhos. Alguns cães também podem apresentar problemas de comportamento como resultado da hipersensibilidade as picadas, e isso é conhecido como neurodermatose.

Sintomas

Os sintomas associados com a dermatite alérgica por pulgas deve incluir coceira intensa, que também é conhecida como prurido. Segundo o "PetMd.com", outros sintomas podem incluir perda de pelo, dermatite úmida aguda, crostas ou feridas ao arranhar e morder a cauda, o traseiro e as pernas. Lesões com secreção muitas vezes são devido a infecções secundárias da arranhadura excessiva.

Diagnóstico

O veterinário irá examinar seu cão à procura de pulgas para determinar se ele tem alergia à saliva delas. Os cães que têm pulgas ou sujeira de pulgas no corpo são tratados com antipulgas. Se não estão presentes, o veterinário pode fazer uma raspagem da pele para testar se ácaros ou outras condições podem produzir sintomas similares. Essas condições podem incluir alergia a alimentos, atopia, infecções de ouvido, sarna e trauma ou irritação da pele.

Tratamento

Segundo o "PetPlace.com", o tratamento mais efetivo para a dermatite alérgica de pulgas é o controle delas. Isso é importante tanto no corpo do cão quanto no ambiente que ele vive. Para interromper o ciclo de coceira, o veterinário deve prescrever esteroides por pouco tempo. Se ele tem qualquer infecção secundária de pele (pioderma bacteriano), o veterinário deverá prescrever antibióticos ou antifúngicos para tratá-lo.

Prevenção e solução

Um controle agressivo das pulgas é necessário para aliviar os sintomas da dermatite. Use um produto antipulgas seguro para seu cão um mês antes da temporada de pulgas para evitar infestações severas. Pode ser necessária a contratação de um exterminador profissional para as infestações graves. Usar o aspirador de pó frequentemente e a limpeza regular de tapetes também podem ajudar no controle. Se o cão desenvolver feridas com secreção ou crostas, consulte o veterinário pois isso é um sinal de infecção bacteriana.

Não deixe de ver

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2015 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media