Alergias e dor de ouvido

Escrito por taylor divico | Traduzido por fernanda melhado
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

As reações alérgicas são causadas por anticorpos imunoglobulina E(IgE), que atacam certas substâncias conhecidas como alérgenos quando entram no organismo, causando inflamação e aumento da produção de muco ao longo das passagens nasais e das vias aéreas. Partes da orelha ficam afetadas por excesso de muco do nariz e da garganta, o que resulta em uma variedade de complicações que resultam em dor de ouvido e infecção do ouvido.

Outras pessoas estão lendo

Alergias

Sinusite e rinite alérgica geralmente são desencadeadas por alérgenos sazonais e ambientais, tais como pólen, mofo, poeira, pelos de animais e produtos químicos. Alérgenos inalantes causam sintomas de rinite e sinusite se inalados através dos olhos, nariz e boca, causando inflamação das vias nasais e vias pulmonares, devido ao excesso de produção de muco resultante das liberações químicas de histamina em todo o corpo. Congestão, coriza, espirros, tosse e chiado no peito conduzem à pressão e infecções do ouvido em indivíduos alérgicos.

Sintomas

Pessoas que sofrem de alergias crônicas apresentam ouvido inflamado durante todo o ano, associados à congestão alérgica e sinusite. A dor se manifesta como uma sensação de dor maçante, dor latejante, ardor e desconforto crônico, coceira no ouvido externo ou médio e pode ser acompanhada por náuseas, dores de cabeça e fadiga. Odor fétido e drenagem verde-amarelada do ouvido significam uma infecção definitiva no ouvido. O aumento de choro em bebês, tocando frequentemente a orelha e coçando o ouvido externo e o lobo, juntamente com a audição abafada, são indicadores de infecção no ouvido.

As infecções do ouvido externo

Otites externas são causadas por bactérias que entram no canal auditivo devido ao excesso de fluidos alérgicos induzidos no ouvido médio, o que torna o ouvido externo mais propenso a bactérias que preferem ambientes úmidos. A congestão alérgica provoca acúmulo de líquidos e prurido no ouvido externo, permitindo que as bactérias se infiltrem no canal do ouvido, causando dor acentuada ou maçante e queimação profunda dentro do ouvido, que pode piorar com o movimento. Infecções de ouvido externo e interno e dor crônica significam possíveis alergias em crianças.

Infecções do ouvido médio

As reações alérgicas das vias respiratórias superiores causam muco para a linha das vias nasais e das vias pulmonares que se conectam às trompas de Eustáquio que levam para o ouvido médio. A trompa de Eustáquio normalmente drena as substâncias do ouvido médio, porém, pode tornar-se bloqueada devido ao excesso de fluidos causada por alergia e congestão nasal. Com o fluido, o muco e a cera se impactam no ouvido médio devido ao entupimento das trompas de Eustáquio, que ficam incapazes de drenar, causando uma pressão dolorosa e latejante que ocorre atrás do tímpano, levando a infecções do ouvido médio.

Tratamento

As reações alérgicas que causam congestionamento e dor de ouvido podem ser tratadas com anti-histamínicos orais, inibidores e descongestionantes, disponíveis em forma de comprimidos, xaropes líquidos ou comprimidos mastigáveis. As infecções de ouvido causadas por alergias se beneficiam de tratamentos com prescrições de antibióticos, procedimentos de drenagem de fluidos e analgésicos. A consulta médica é aconselhável, porque uma dor de ouvido pode significar otites graves como otite externa maligna, levando ao dano do nervo e ossos do crânio, perda de audição, tímpanos rompidos ou danos auditivos permanentes de audição.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível