Alguém pode cobrar uma dívida de uma empresa dissolvida?

Escrito por tyler lacoma | Traduzido por mark borst
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Alguém pode cobrar uma dívida de uma empresa dissolvida?
Uma empresa é formada por pessoas (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Uma corporação dissolvida é uma organização empresarial que ou escolheu ou foi forçada a se fechar definitivamente, terminando os contratos que formam a organização. A empresa que se dissolve deve passar por uma série de medidas para lidar com todas as questões atuais, fechando-se por completo, e muitas dessas etapas lidam com o encerramento de contas da dívida para com os credores, o que é feito através da criação de uma relação de confiança que mantém todos os ativos da empresa, sendo também gerido por um administrador da mesma maneira com a qual se trata uma falência privada.

Outras pessoas estão lendo

Dissolvendo ativos da empresa

Quando uma empresa se ​​dissolve, todos os seus ativos são normalmente liquidados ou convertidos em dinheiro e usados ​​para lidar com as dívidas atuais e as taxas associadas à dissolução. Estes são os ativos que são usados para pagar os credores que não recolheram o que lhes é devido. O administrador da corporação dissolvida começará pela coleta de informações sobre todos os credores atuais do negócio enviando, então, a cada credor um aviso da dissolução e qual o efeito que poderá ter sobre a sua dívida.

Apresentação de reclamações

Credores respondem à notificação através da apresentação de reivindicações para a corporação dissolvida para receber o dinheiro que lhes é devido e nem todos os credores enviam reclamações, mas, ainda assim, é algo comum. Muitos credores reconhecem que a falta de negócios não terá muitos ativos remanescentes para cobrir as dívidas. Os detentores de dívida sênior e outros tipos de dívidas que são garantidos por ativos específicos não hesitarão em fazer reivindicações, porque o dinheiro que lhes é devido é apoiado por algo substancial, reforçando a sua reivindicação. Por exemplo, o titular de uma hipoteca está em uma posição forte para fazer uma reclamação, já que o empréstimo é apoiado pelo espaço físico de uma propriedade.

Hierarquia de reembolso

Quando o administrador realmente liquida os ativos e começa a pagar os credores, a hierarquia da dívida é refletida no reembolso. Primeiro, as dívidas garantidas e qualquer outra dívida sênior é paga e, em seguida, os títulos e qualquer outra dívida subordinada, finalizando com o pagamento dos acionistas. As maiores dívidas prioritárias são aquelas garantidas por ativos ou empréstimos bancários importantes, bem como a dívida com o governo federal. Depois do pagamento das maiores dívidas, a empresa dissolvida começará a pagar aos investidores privados que detêm títulos e empréstimos não segurados. Neste ponto, a maioria dos fundos da empresa normalmente é gasto, mas se qualquer um permanecer, em seguida, a empresa reembolsará aos acionistas preferenciais e, em seguida, aos acionistas comuns como última etapa no reembolso.

Após a dissolução

Depois que o negócio tenha sido dissolvido e todos os bens usados ​​para pagar os credores, a empresa não existe mais e os credores não serão capazes de buscar outros pagamentos, o que ocorre quando uma empresa é dissolvida completamente. Em alguns casos, um negócio de dissolução pode ser comprado por outra empresa, que pode adquirir parte da dívida e pagá-la por si mesma. Os detalhes podem variar de acordo com as negociações e as leis a respeito da dívida.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível