Família

O que dizer para alguém que perdeu um filho

Escrito por joshua wade | Traduzido por paula soares
O que dizer para alguém que perdeu um filho

Expressar condolências a um amigo que perdeu um filho não é tão difícil se você for sincero e honesto

Stockbyte/Stockbyte/Getty Images

É difícil para a maioria das pessoas imaginar como seria passar pela tragédia de perder um filho. É importante lembrar que os enlutados querem e precisam do apoio físico e emocional de seus amigos e entes queridos, independentemente de quão pequeno o gesto possa ser. Embora possa ser difícil reunir as palavras certas, não é impossível expressar seus verdadeiros sentimentos e apoio sincero a uma pessoa que atravessa uma fase de extrema necessidade de compaixão e compreensão.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Aborde a pessoa em luto calorosamente e com compaixão, falando com o coração, e ofereça suas verdadeiras condolências. Isso pode ser dito através de uma frase tão simples como "Eu sinto muito pela sua perda".

  2. 2

    Abstenha-se de expressar suas crenças religiosas, dizendo à pessoa que a criança está "em um lugar melhor", ou que ela está "com Deus". Isso pode ser reconfortante para você, mas pode ofender o pai ou os irmãos de uma criança que não são religiosos e não acreditam nas mesmas coisas que você. Expressões como estas também são vazias porque tiram o foco da criança, não tratam o sofrimento da pessoa e tentam diminuir a gravidade da perda.

  3. 3

    Diga à pessoa que você está lá para apoiá-la, falando algo simples como "eu estou aqui para você", ou "eu estou aqui se você precisar de alguma coisa." Em seguida, dê esse apoio durante o tempo que ela precisar. Não estabeleça uma data limite para esse apoio ou para a dor da pessoa. Pode demorar um ano para a pessoa se adaptar à vida sem o filho, ou isso pode nunca acontecer. Não basta oferecer seu apoio no momento de dor simplesmente porque isso soa reconfortante. Se você oferecer apoio, mantenha essa oferta por tempo indeterminado.

  4. 4

    Ofereça à pessoa seu amor e simpatia, dizendo que a ama. Os pais querem saber são amados e que podem contar com você. Não tenha medo de expressar esse amor abraçando a pessoa, essas demonstrações são muito importantes para os enlutados nesse momento difícil.

  5. 5

    Expresse seus sentimentos pela perda da criança, relatando histórias de como a ela impactou a sua vida e que celebrem sua a personalidade e carinho. Abstenha-se de tentar relacionar a perda da pessoa com uma perda pessoal sua através de histórias e experiências pessoais. É natural querer se relacionar com a perda dos pais, mas isso transfere o foco deles para você.

  6. 6

    Refira-se à criança pelo nome quando falar dela. Isso garantirá à pessoa em luto que seu filho não será esquecido, um medo legítimo e comum, e de que ele era importante para as pessoas e para o mundo ao seu redor.

  7. 7

    Dê pequenos presentes para as crianças que perderam um irmão, se for o caso, com algum tipo de atividade que as distraiam. Embora não seja intencional, outras crianças podem ser negligenciadas pelo pais enlutados. Não altere a forma como você fala com elas, principalmente se forem jovens demais para entender a morte.

  8. 8

    Expresse seus sentimentos pessoalmente. Simplesmente fale com o coração e não pense muito sobre o que vai dizer, já que quer ser o mais genuíno e sincero possível.

Dicas & Advertências

  • Caso você sinta a necessidade de expressar suas visões religiosas, faça-o de forma breve, simples e concisa. Lembre-se de que seus pontos de vista religiosos não devem ser compartilhados.
  • Evite tentar encontrar uma lógica na situação e nunca expresse esse tipo de pensamento através de declarações como "Há uma razão para tudo" ou "Deus tem um motivo para fazer isso". Declarações como essas, religiosas ou não, são frequentemente encaradas como um insulto para a pessoa de luto, que não pode encontrar uma razão para a morte da criança.
  • Evite declarações que enfatizem o que a pessoa tem na vida, como "Você tem dois filhos lindos para criar" ou "Você sempre pode ter outro filho". Embora essas declarações possam parecer óbvias e até mesmo verdadeiras, elas ofendem a pessoa enlutada e desvalorizam a vida da criança falecida.

Não deixe de ver

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media