Alimentação da borboleta monarca

Escrito por arlene mckanic | Traduzido por rodrigo castilhos
Alimentação da borboleta monarca

A larva da monarca é uma praga no Canadá, mas a borboleta é símbolo da Montana nos EUA

Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images

A Nymphalis antiopa, também conhecida como monarca, é encontrada no mundo inteiro, com exceção dos trópicos. Ela vive em florestas temperadas, pradarias e montanhas. É uma borboleta diurna com uma envergadura de até 8,5 cm. Tem as asas aveludadas, com coloração marrom escura com preto, com a semelhança característica de um manto de luto, com manchas azuis iridescentes e um filete dourado nas bordas. Esse inseto provém de uma lagarta que é considerada um praga no Canadá.

Outras pessoas estão lendo

A lagarta

A lagarta da monarca alimenta-se de folhas de plantas com voracidade. A borboleta alimenta-se sugando a seiva das árvores e frutos podres. A lagarta é espinhosa, com manchas pretas e brancas e manchas vermelhas nas costas. Ela cresce e faz a muda cinco vezes antes de se transformar em crisálida, e depois para a surpreendente monarca. Como os adultos existem em várias regiões diferentes, suas larvas possuem hábitos alimentares diversificados.

Lódão, olmo, nogueira

Pés de lódão, olmo e nozes são partes importantes da dieta da lagarta da monarca. O lódão é da família dos olmos e tem casca cinzenta. As folhas do lódão são mais finas e pontudas que as do olmo, e produzem frutos que são apreciados por pássaros. Crescem de dois a 24 metros de altura. O olmo pode crescer até 30 metros, com uma casca cinza clara que racha conforme seu crescimento. Na Inglaterra, o gado se alimenta das folhas desta árvore quando o capim é escasso. A nogueira pode chegar a 30 metros de altura. Tem um tronco reto, com galhos eretos e irregulares e uma copa estreita. Após 30 ou 40 anos, a casca cinza da árvore começa a cair em tiras. No outono, sua folhagem ganha uma bela coloração dourada.

Choupo, álamo, amoreira-árvore

Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images

O choupo também chega a 30 metros de altura e tem a casca toda rachada e uma copa ampla. Suas flores crescem em amentilhos, que liberam uma grande quantidade de um material algodoado. É uma árvore de crescimento rápido, que atinge a maturidade com 20 anos. Pode se hibridar com o choupo negro. O nome do gênero do álamo, Populus, vem do latim "arbor populi" e significa "árvore do povo". Possui a casca cinza esverdeada, e tal como o choupo, suas flores crescem em amentilhos. É resistente à seca. A amoreira-árvore é nativa da China e da Ásia Menor, mas foi trazida para a Europa há milhares de anos. O nome do gênero da amoreira-árvore, Morus, é o mesmo usado pelos romanos antigos. É um pouco menor que as outras árvores mencionadas, alcançando até 18 metros de altura. É conhecida por seu fruto doce. A lagarta da monarca pode gostar dessa árvore, mas é o bicho-da-seda que se alimenta exclusivamente dela.

Roseira

A roseira tem sido cultivada há milhares de anos pelo homem. É um arbusto ou uma trepadeira perene cujas flores são incomparáveis por sua fragrância e beleza.

Não deixe de ver

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media