Alimentação para reverter a calcificação cardíaca

Escrito por tom king | Traduzido por marcelo couto
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Alimentação para reverter a calcificação cardíaca
A calcificação pode ocorrer nos vasos sanguíneos do coração (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

A calcificação cardíaca, ou acúmulo de placas de cálcio nas artérias do coração, apresenta um aumento no risco de doenças cardíacas ou derrame. Pequenos pedaços de placa podem se quebrar e serem carregados na corrente sanguínea até pontos críticos do corpo e do cérebro, causando doenças graves e morte. Inúmeros fatores podem causar a calcificação, incluindo a falta de exercícios, alimentação rica em gorduras e açúcares, obesidade e baixa ingestão de vitamina K. Para reduzir o risco de desenvolver esse problema, os médicos geralmente recomendam tratamento com drogas para o colesterol, dieta, exercícios e outras mudanças no estilo de vida.

Outras pessoas estão lendo

Colesterol ruim

Altos níveis de lipoproteínas de baixa densidade (LDL), ou "colesterol ruim", é um indicador importante de problemas em potencial e são associados, juntamente com doenças renais, com a calcificação dos vasos sanguíneos no coração. O LDL penetra nas paredes dos vasos sanguíneos e cria células espumosas, que formam o núcleo dos depósitos de cálcio. A lipoproteína de alta densidade (HDL), ou "colesterol bom", evita a calcificação ao carregar essa substância das artérias até o fígado, a fim de processá-la. Reduzir os níveis de LDL é uma das maneiras mais eficazes de evitar a formação de placas de calcificação nos vasos sanguíneos.

Esteróis vegetais

A medicação desempenha um papel importante na redução do LDL, mas mudanças na alimentação e suplementos alimentares também podem auxiliar no processo. Esteróis vegetais ajudam a evitar a calcificação cardíaca e podem ser encontrados em alimentos vegetais, como nozes, milho, arroz e óleos. Os esteróis são gorduras tão similares ao colesterol que bloqueiam sua absorção nos intestinos. Diminuir a absorção dessa substância força o fígado a expelir o LDL do sangue, reduzindo, dessa forma, os níveis de colesterol. A Associação Americana do Coração, nos Estados Unidos, recomenda a ingestão de peixes ou suplementos de óleo de peixe semanalmente como parte de uma dieta para redução do LDL e triglicerídeos, além de prevenir contra doenças cardíacas e derrames.

Alimentação e nutrição

Flavonoides e tocotrienóis também ajudam a reduzir o LDL e o colesterol total. Essas substâncias benéficas são encontradas em frutas frescas, vegetais, chá e vinho tinto e agem como antioxidantes no corpo. Os tocotrienóis são encontrados em alguns tipos de óleos vegetais, como óleo de canola, milho e oliva, assim como no germe de trigo, cevada, saw palmetto (espécie de palmeira norte-americana), e em alguns tipos de nozes e grãos. O tocotrienol é uma variante da vitamina E, mas não é a única vitamina útil em promover os níveis de colesterol bom e reduzir os níveis de colesterol ruim. As vitaminas C, B6, B12, K, niacina, ácido fólico e minerais, como magnésio e selênio, também são recomendados para esse tipo de alimentação. Além disso, aminoácidos constituintes das proteínas e suplementos antioxidantes extraídos do espinheiro-branco, soja, alho e sementes de uva, têm sido associados a baixos níveis de LDL e triglicerídeos no sangue. Escolher uma alimentação baixa em colesterol e rica em frutas, vegetais e cereais integrais é o caminho certo para parar a calcificação das artérias. Em um estudo financiado pelo Instituto Nacional da Saúde dos Estados Unidos, mulheres de meia-idade que consomem café apresentaram redução nos fatores de risco para calcificação dos vasos sanguíneos, doenças cardíacas e derrames.

Estilo de vida

Os fatores relacionados ao estilo de vida também são importantes para reduzir o risco de calcificação arterial. Pratique exercícios regularmente, pare de fumar, reduza a alta pressão sanguínea, descanse adequadamente, reduza o estresse, controle o peso e mantenha uma interação social, juntamente com uma alimentação adequada e medicação, para construir um sistema vascular mais saudável.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível