Como alimentar uma cadela grávida

Escrito por contributing writer | Traduzido por mariana de mello andré scarani
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como alimentar uma cadela grávida
Uma típica cadela grávida (http://puptastic.com/)

Cadelas grávidas possuem diferentes necessidades nutricionais, visto que precisam se nutrir e também seus filhotes em desenvolvimento. Se essas necessidades não forem supridas, a cadela pode abortar ou desenvolver complicações durante o parto, que podem ser fatais. Essas orientações auxiliarão seu entendimento sobre como alimentar uma cadela durante esse sensível período.

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Ração para cachorros (filhotes ou lactação)
  • Médico veterinário

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Alimente a cadela normalmente durante as primeiras seis semanas de gravidez. Cadelas grávidas não precisam de nutrição extra durante os estágios iniciais da gestação. Além disso, como muitas cadelas desenvolvem enjoos matinais, pode ser que elas não consigam comer muito, de qualquer maneira. Sendo assim, se a cadela não estiver se alimentando bem, leve-a para um médico veterinário.

  2. 2

    Aumente a quantidade de alimento em 25% a cada semana, após as primeiras seis semanas de gestação. Na sexta semana, aumente a refeição em 25%. Essa será a primeira vez que você alterará a quantidade de alimento. Na sétima semana, aumente a refeição novamente em 25%, fazendo com que o volume de alimento seja maior do que o da sexta semana. Continue seguindo esse padrão até o nascimento dos filhotes.

  3. 3

    Use ração para filhotes ou de lactação. Assim, na sexta semana, cadelas grávidas devem comer ração para filhotes ou de lactação, visto que essas rações possuem maior concentração de nutrientes.

  4. 4

    Forneça várias pequenas refeições durante o dia. Conforme os filhotes forem se desenvolvendo, podem comprimir o estômago da mãe, limitando a quantidade de comida que ela consegue ingerir de uma só vez. Por isso, para contornar esse problema, alimente-a com pequenas porções, várias vezes ao dia.

  5. 5

    Evite superalimentar ou subalimentar a cadela durante os estágios da gravidez. A superalimentação de uma cadela grávida pode resultar em acúmulo de gordura ao redor dos órgãos reprodutivos, o que pode dificultar ou impossibilitar o parto, levando à necessidade de uma cesárea, que, como todo procedimento cirúrgico, é caro e arriscado. Entretanto, se a cadela for subalimentada, corre o risco de desenvolver eclampsia, uma condição em que a cadela apresenta baixos níveis de cálcio no sangue e, se não for tratada, pode resultar em convulsões e, eventualmente, morte.

Dicas & Advertências

  • Continue alimentando a cadela com uma dieta rica em calorias, enquanto ela está amamentando. Rações enlatadas podem ser uma boa opção para cadelas grávidas que não estão se alimentando corretamente. Sempre deixe água fresca, limpa e em abundância à disposição da cadela gestante.
  • Não dê suplementos que não sejam receitados por um médico veterinário.
  • Não alimente a cadela grávida com muito cálcio, visto que isso pode levar à eclampsia.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível