Como alimentar um gato idoso que se recusa a comer e beber água?

Escrito por jennifer lynn | Traduzido por andressa v. da nobrega
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como alimentar um gato idoso que se recusa a comer e beber água?
Vários fatores podem levar um gato mais velho a perder o apetite (Ryan McVay/Photodisc/Getty Images)

Alimentar um gato idoso não é sempre tão simples quanto alimentar um mais jovem. À medida que o animal envelhece, vários fatores contribuem para a perda do apetite robusto que ele tinha. Problemas de saúde, dentários e de gengiva e a queda do metabolismo devido à idade podem afetar o desejo de um gato se alimentar. Portanto, é importante visitar seu veterinário para saber se há doenças antes de tentar outros métodos para encorajar seu gato a comer.

Outras pessoas estão lendo

Diagnosticando se há problemas de saúde sérios

Você poderá notar que, à medida que seu gato envelhece, ele começa a comer menos. Isso pode ser normal, já que seu animal de estimação se torna menos ativo com a idade. Entretanto, um desinteresse súbito em alimentos ou a perda total do apetite pode ser um sinal de um problema sério de saúde. A lista de possíveis doenças é longa, e inclui problemas renais e dentários, câncer, disfunções da tireoide ou doenças no fígado e estômago. Qualquer um destes problemas pode causar dor ou enjoo, o que pode tornar a alimentação pouco atraente ou mesmo impossível para o gato. Por causa dessas preocupações em potencial, é importante levar seu gato ao veterinário. Exames de sangue, raios-X e uma variedade de exames vão ajudar a encontrar a raiz do problema. Depois que você começar o tratamento para qual seja o problema de saúde, ou depois de descobrir que o paladar do seu animal se tornou apenas mais exigente, pode começar a tentar vários alimentos e técnicas de alimentação para estimular o apetite do seu felino.

Experimente com ração seca e enlatada

Ao tentar encontrar alimentos que estimulem o apetite de seu gato idoso, comece simplesmente umedecendo sua ração seca. Deixe-a de molho em uma pequena quantidade de água morna para torná-la mais macia e realçar o sabor. Outra opção é misturar a ração seca com a que vem de molho em sachês ou em forma de pasta, enlatada, ou ofereça-a em uma vasilha à parte. Muitos gatos gostam do sabor da ração enlatada, e o cheiro forte os estimula a provar. Mantenha a ração seca à disposição do gato, ainda que o animal decida que a enlatada é mais gostosa, porque a ração seca faz bem para os dentes e as gengivas. Outra escolha para seu felino idoso pode ser uma dieta prescrita pelo veterinário. Rações com alto nível calórico ou específicas para gatos mais velhos podem abrir o apetite do seu animal ao mesmo tempo em que proporcionam calorias, proteínas e nutrientes extra.

Petiscos apetitosos

Se você tiver dificuldades para convencer seu gato a comer apesar de tentar a comida enlatada, experimente aquecê-la levemente no micro-ondas. O calor vai trazer de volta o cheiro da ração. Entretanto, não aqueça demais antes de servi-la. Atum enlatado também é outra opção para abrir o apetite do gato. O cheiro forte e o sabor de peixe geralmente estimulam o mais exigente dos gatos a comer. Outra opção é cozinhar para seu animal de estimação. Boas fontes de proteína magra de qualidade são frango assado ou cozido, ovos mexidos e peru grelhado. Tenha em mente que proteína extra é benéfica para a saúde de seu gato idoso, e que esses alimentos saborosos podem trazer de volta o apetite dele.

Como alimentar um gato idoso que se recusa a comer e beber água?
Ração aquecida pode estimular um gato idoso a comer (Hemera Technologies/Photos.com/Getty Images)

Como monitorar o apetite de seu gato idoso

Ao tentar estimular a volta do apetite de seu gato mais velho, tenha em mente a importância de fazê-lo sentir amado e confortável. Seja paciente e amoroso com seu gato ao estimulá-lo a comer. Monitore a quantidade de alimento que ele come diariamente para se certificar de que ele continua a obter os nutrientes necessários. Sempre ofereça bastante água fresca junto às refeições de seu gato. Se o problema persistir, leve-o novamente ao veterinário para descobrir mais opções.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível