Alimentos a evitar em uma dieta para pessoas com fibromialgia

Escrito por marcia frost Google | Traduzido por rafael ferreira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

A fibromialgia é uma doença que causa dor muscular, dor de cabeça, fatiga, rigidez, perturbações do sono e outros vários sintomas. Já que certos alimentos trazem benefícios para a saúde, muitos pacientes com essa condição têm tentado alterar a dieta para ajudar a tratar a doença. Evitar certos alimentos pode ajudar a aliviar os sintomas. Embora seja através do método de tentativa e erro que eles saberão quais alimentos evitar, existem alguns que parecem ser um bom ponto de partida.

Outras pessoas estão lendo

Artificiais

O Aspartame é um açúcar artificial, vendido com o nome comercial de NutraSweet e utilizado em muitos produtos livres de ou com pouco açúcar, pode agir como um estimulante nervoso. A glutamina monossódica (MSG) é utilizada como realçadora de sabor em muitos alimentos enlatados e pode causar dores de cabeça até mesmo em pessoas saudáveis. Dessa forma, aqueles que sofrem com fibromialgia devem ler os rótulos com cuidado para evitar reações graves. Um outro aditivo a evitar são os nitratos (encontrados em carnes e bacon), pois os conservantes podem agravar os sintomas.

Carboidratos simples

Não há muito valor nutricional nos carboidratos simples e eles podem aumentar o açúcar do sangue rapidamente. Quando os níveis caem, o corpo sente fatiga -- a última coisa que alguém com fibromialgia quer experimentar. Alguns carboidratos simples precisam ser evitados, incluindo açúcar, pão branco e assados doces. As bebidas que contêm muito açúcar (como os refrigerantes) são muito ruins, pois não têm nenhum valor nutricional.

Cafeína

A cafeína pode estimular a reação à dor nos casos de fibromialgia. O café é a principal fonte de cafeína, mas ela também é encontrada em chás (gelados e de infusão), refrigerantes e chocolate. As pílulas dietéticas de venda livre também a contém. A influência da cafeína pode ser experimentada logo que ingerida e ao sair do corpo, dessa forma, esteja atento à quantidade que está utilizando em sua dieta e evite qualquer quantia que o faça sentir-se mal.

Glúten

O trigo, o centeio, a cevada e o malte são grãos que contêm glúten. Existem muitos outros produtos que contém esse ingrediente, incluindo pães, cereais, massas, sopas e molhos. A intolerância ao glúten é ás vezes uma condição de sobreposição à fibromialgia, uma vez que ela se apresenta com muitos sintomas semelhantes. Se alguém com fibromialgia for intolerante ao glúten, evitar esses alimentos poderá ajudar a aliviar os sintomas gastrointestinais e a fatiga.

Considerações

A ideia é que haja uma melhora geral na saúde. Para cada pessoa, isso significa evitar alimentos diferentes, dependendo da severidade dos sintomas. Se a SII (Síndrome do intestino irritável) é uma das maiores queixas de fibromialgia, então você desejará prestar mais atenção às fibras na dieta. Se a fatiga for o problema maior, uma dieta com pouco açúcar será muito benéfica.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível