Mais
×

Alimentos que mofam mais rapidamente

Atualizado em 21 março, 2017

O mofo é algo normal quando os alimentos envelhecem. Ele cresce em quase todos eles, pois é ativado quando a comida é exposta a oxigênio em excesso. Contudo, há alimentos específicos que mofam mais rapidamente que outros, assim como há condições mais propícias ao mofo. O mofo em si não é algo ruim; alguns tipos de mofo podem, inclusive, ser benéficos. Por outro lado, existem mofos que podem ser extremamente perigosos para a saúde.

Descubra por que alguns alimentos mofam mais rapidamente (www.flikr.com *Beth Rankin*)

Conhecimento básico

O mofo é um fungo que vive em plantas e animais e é tipicamente microscópico individualmente. Somente quando vários fungos formam colônias é que o mofo pode ser visto a olho nu. Esses fungos contêm esporos que dão cor ao mofo. Além disso, o mofo é normalmente invisível até que o fungo tenha se instalado na comida por certo período de tempo, nesse ponto, você já pode ter consumido o alimento.

Condições de crescimento

Alguns alimentos são conhecidos por mofarem rapidamente e isso se deve em grande parte à sua composição e à forma de armazenamento. Ambientes úmidos e quentes são propícios para o crescimento de mofo e, portanto, comidas suculentas ou que recebam umidade são as mais prováveis de mofarem rapidamente. Esses alimentos incluem pães deixados no armário ou sobre o balcão, ao invés de serem refrigerados; queijos, frutas e vegetais deixados por longos períodos de tempo na geladeira ou no balcão.

Pães

O tempo para um pão mofar tem muita relação com sua quantidade de água. Alguns pães são mais secos que outros, como o indiano e o pita. Outros pães possuem maiores teores de água, como pães de frutas, pães brancos e integrais, e alguns pães pretos. Os pães mais secos têm maior durabilidade; já os úmidos podem durar mais se forem armazenados em recipientes fechados na geladeira.

Queijos

Os queijos, assim como os pães, dependem da sua quantidade de água e das bactérias presentes na sua fabricação para determinar a rapidez com a qual irão mofar. Queijos muito úmidos como ricota, cottage e outros queijos macios são mais prováveis de mofarem rapidamente, já que os fungos poderão crescer com facilidade. Queijos duros, como o parmesão, permanecerão saudáveis e manterão o sabor por muito mais tempo que queijos como cheddar e muçarela. Em alguns casos, um mofo saudável cresce no queijo propositalmente, como acontece com queijos azuis, pois são os fungos que dão o sabor forte ao queijo.

Frutas e vegetais

Frutas e vegetais devem ser consumidos dentro de poucos dias após a compra, a fim de evitar a ingestão de mofo. Refrigere os produtos e verifique-os antes de comer, pois às vezes o mofo pode estar em apenas uma parte da fruta ou vegetal. Novamente, a umidade e a temperatura exercem um grande papel na velocidade do mofo. Como a umidade permite que o fungo se reproduza, frutas e vegetais mais suculentos, como pêssego, ameixa, tomate e pepino, mofam mais rapidamente que aqueles com cascas mais duras, como bananas, maçãs, pimentas e abóbora. Você pode cortar as partes mofadas de frutas e vegetais duros e usar o resto, mas, se o fizer, deve consumi-los rapidamente.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article