Alimentos que provocam a liberação de dopamina

Escrito por gina lay | Traduzido por carolina rico
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Alimentos que provocam a liberação de dopamina
Diferentes alimentos provocam a liberação de dopamina (egg image by Reika from Fotolia.com)

A dopamina é um neurotransmissor no cérebro responsável pelo controle dos movimentos do corpo, gerando sentimentos de prazer, controlando a quantidade de informações no cérebro e estímulo do coração. Se existe falta de dopamina no corpo, os movimentos possuem menor controle. Se o corpo tem dopamina demais, terá movimentos incontroláveis como estremecimento, espasmos e movimentos repetitivos. De acordo com o site MedHelp.com, o modo como nos alimentamos causa um impacto no desenvolvimento dos neurotransmissores e certos tipos de alimentos podem provocar a liberação de dopamina.

Outras pessoas estão lendo

Frutas

Frutas como maças e bananas são excelentes alimentos que provocam a liberação de dopamina. A banana contém um aminoácido chamado tirosina, que é o mais importante estimulante do cérebro para produção de dopamina. As manchas de cor marrom na banana contém as maiores quantias de dopamina. O site NaturalBuy.com explica que adicionar bananas à dieta pode ajudar a tratar os sintomas de depressão. Maçãs contém um antioxidante chamado quercetina. Ele preserva os níveis de dopamina no corpo, protegendo suas células para que não sejam destruídas. Outras frutas que provocam a liberação de dopamina são: mirtilo, oxicoco, ameixa e morango.

Alimentos que provocam a liberação de dopamina
A banana é uma fruta que provoca a liberação de dopamina (banana image by ale_s from Fotolia.com)

Proteínas

Comer alimentos ricos em aminoácidos provocará a liberação de dopamina. Proteínas contém um aminoácido chamado tirosina, que provoca a liberação de dopamina quando entra no corpo. A dopamina é encontrada em alimentos como amêndoas, queijo, frango, peixe e qualquer outra proteína que contenha ácidos graxos Ômega 3. Produtos lácteos como queijo, leite e iogurte contêm proteínas. Feijão preto, grão de bico, feijão-de-lima e fava são fontes de alimentos ricos em proteínas que causam a liberação de dopamina. Os ovos são uma fonte de proteína e possuem colina, uma vitamina que ajuda na concentração e na memória. As amêndoas são nozes carregadas de proteína, mas devem ser consumidas com moderação, pois podem causar aumento de peso e dores de cabeça.

Chocolate

O chocolate contém fenilalanina, um aminoácido essencial que se transforma em tirosina. A University of Maryland explica que a tirosina é um bloco de construção para o neurotransmissor, que libera dopamina. O estimulante do chocolate está no cacau e maiores quantidades de tirosina são encontrados no chocolate escuro. No chocolate, a gordura do leite também aciona a dopamina por ser um produto lácteo. O chocolate escuro contém muitos antioxidantes mas, em demasia, pode prejudicar o fígado e causar aumento de peso. De acordo com o site Chocolate.org, o chocolate contém fenilalanina, que está relacionada com os aminoácidos. Fenilalanina aumenta a atividade e foi provado que alivia a depressão em 60% dos pacientes deprimidos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível