Como aliviar os espasmos da bexiga

Escrito por michaele curtis | Traduzido por thaís silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como aliviar os espasmos da bexiga
Os espasmos da bexiga são como uma cãibra intensa e repentina nos músculos da região (Thinkstock/Comstock/Getty Images)

O espasmo da bexiga é uma cãibra intensa e repentina nos músculos do órgão. Esses espasmos musculares podem ser levemente ou extremamente dolorosos. Por exemplo, algumas mulheres não conseguem distingui-las das cólicas menstruais, enquanto outras dizem que elas são reminiscências das dores do parto. Não importa sua intensidade, elas geralmente são acompanhadas de uma vontade intensa de urinar. De fato, os espasmos da bexiga são uma das razões mais comuns da incontinência. Siga os passos abaixo para aliviar os sintomas dos espasmos da bexiga.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

    O que fazer

  1. 1

    Fale para o seu médico sobre os sintomas dos espasmos da bexiga para certificar-se que eles são sintomas de outra condição. Depois de um exame físico geral, amostras de urina e de sangue podem destacar condições de saúde que causam dores pélvicas intensas, incluindo a cistite, o câncer e o cisto de bexiga.

  2. 2

    Coloque-se em função do banheiro. Espasmos na bexiga podem causar incontinência, mas isso é bem menos provável de acontecer se sua bexiga estiver quase vazia. Esvazie-a em cada 90 minutos a duas horas até que você encontre um alívio.

  3. 3

    Fortaleça a musculatura da bexiga. Tanto os exercícios de Kegel como os pélvicos podem fortalecer os músculos da bexiga e deixá-los mais fortes. Músculos fortes nessa região ficam menos propícios ao espasmo. No entanto, seja cuidadosa para não fazê-los de forma errada, já que você pode piorar seus espasmos. Consulte a seção "Recursos" para informações sobre como fazer os exercícios corretamente.

  4. 4

    Fale com seu médico sobre os remédios disponíveis para as suas condições. Na maioria dos casos, anticolinérgicos são prescritos para estabilizar a bexiga. Existem também alguns antidepressivos que podem melhorar os sintomas dos espasmos. Seu médico irá discutir as melhores opções e os efeitos colaterais associados a cada um.

  5. 5

    Considere fazer injeções de botox nos músculos da bexiga. O botox é uma toxina botulínica que temporariamente paralisa os músculos. Ele é mais usado para fins cosméticos, mas também pode ser utilizado para estabilizar os músculos da bexiga e prevenir os espasmos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível