Alívio da dor e cura de fissuras crônicas

Escrito por kittie mccoy | Traduzido por ana rodrigues
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Uma fissura crônica é um problema médico que envolve a pele ao redor do ânus e pode causar dor substancial e desconforto, especialmente durante as evacuações. A maioria das fissuras anais curarão por conta própria, embora algumas tornem-se crônicas e necessitem de tratamento cirúrgico. Enquanto a cirurgia proporcionará o alívio da dor, também existem tratamentos caseiros que podem fazer as fissuras crônicas mais toleráveis.

Outras pessoas estão lendo

Os fatos

As fissuras anais são pequenas lágrimas que se desenvolvem na mucosa do canal anal. Essas lágrimas podem ser causadas por fezes duras ou evacuações difíceis. Adultos e crianças com idade entre 6 e 24 meses são mais propensos a ser afetados por fissuras anais. De acordo com a Mayo Clinic, fissuras anais com duração de mais de seis semanas são consideradas crônicas.

Identificação

As fissuras anais podem causar sangramento e dor, especialmente durante as evacuações. A pele ao redor do ânus podem estar visivelmente rachada ou irritada. As fissuras anais crônicas, muitas vezes, têm um pequeno nódulo presente perto da lágrima que é conhecido como uma marca de pele ou uma pilha sentinela.

Considerações

A inflamação e o desconforto de fissuras crônicas podem ser aliviados através da utilização de pomadas e supositórios. Pomadas sem prescrição médica contendo hidrocortisona, como a Preparation H podem ser usadas ou o seu médico pode prescrever um creme com corticosteroides como o Anusol. A imersão da área afetada em um banho de assento de 10 a 20 minutos, pelo menos uma vez por dia, também pode proporcionar alívio da dor. Esses banhos devem consistir em água morna sem o acréscimo de sabão.

Tratamento

De acordo com a American Society of Colon and Rectal Surgeons, mais de 90% das fissuras anais curarão sem cirurgia. A cirurgia utilizada para tratar a fissura anal crônica consiste em cortar o esfíncter de forma a reduzir a dor e acelerar a cicatrização. Em alguns casos, a fissura e pilha sentinela serão retiradas durante a cirurgia. A dor de fissuras crônicas pode desaparecer em poucos dias após passar por uma cirurgia, mas a cura completa pode levar algumas semanas.

Prevenção e solução

Fissuras anais crônicas podem ser prevenidas evitando a constipação. Isso pode ser feito através do aumento da ingestão de fibras, beber água com frequência e engajar-se em um exercício regular. Evite esforço durante as evacuações, pois isso pode fazer as fissuras anais piorarem, o que retardará a cura e aumentará a dor. Fissuras cicatrizadas podem reabrir devido a evacuações difíceis, por isso a manutenção de um estilo de vida saudável é importante para evitar problemas recorrentes.

Equívocos

De acordo com a American Society of Colon and Rectal Surgeons, fissuras anais crônicas não aumentam o risco de desenvolver câncer de cólon. Seu médico pode recomendar testes adicionais para determinar a origem do sangramento anal caso ele continue depois das fissuras anais terem sido curadas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível