Alterações sanguíneas quantitativas

Escrito por nicole etolen Google | Traduzido por josciel sousa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Alterações sanguíneas quantitativas
Existem três tipos principais de células sanguíneas: glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas (Andrew Mason: flickr.com)

O sangue humano é composto de glóbulos vermelhos (eritrócitos) e glóbulos brancos (leucócitos) e plaquetas. Em uma pessoa saudável, cada um desses tipos de células coexistem em um perfeito equilíbrio dentro do corpo. As células são quantificadas em um teste laboratorial chamado hemograma completo. O sangue é colhido por em técnico qualificado e enviado ao laboratório para análise. Uma contagem alta ou baixa de qualquer um dos tipos celulares podem indicar uma doença ou infecção. É mais comum as desordens do sangue serem um sintoma de uma doença do que a causa.

Outras pessoas estão lendo

Contagem diminuída de glóbulos brancos

Os glóbulos brancos são a força de defesa corporal contra doenças e infecções. Existem cinco tipos principais de glóbulos brancos: neutrófilos, basófilos, eosinófilos, monócitos e linfócitos. Uma contagem anormalmente baixa de neutrófilos é chamada de neutropenia. Essa condição pode aumentar o risco de uma infecção bacteriana ou fúngica potencialmente fatal. A linfocitopenia, ou baixa contagem de linfócitos, também pode diminuir a habilidade do corpo de combater infecções, apesar de ser geralmente menos sintomática. Uma contagem baixa de glóbulos brancos pode ser causada por doenças autoimunes como lúpus, na qual o corpo ataca o seu próprio sistema imune. Ela pode também ser causada por HIV, por uma tiroide hiper-reativa, por parasitas ou por deficiências de vitaminas.

Contagem elevada de glóbulos brancos

Contagem elevada de glóbulos brancos geralmente indicam infecção. Uma leucocitose linfocítica, contagem elevada de linfócitos, pode ser causada por tuberculose, linfoma e infecções bacterianas. Os sintomas dependem da causa. Uma leucocitose neutrofílica, contagem elevada de neutrófilos, pode ocorrer como resultado de uma lesão, do uso de esteroides ou em resposta a todos os tipos de infecção.

Contagem diminuída de glóbulos vermelhos

Os glóbulos vermelhos contêm hemoglobina, uma proteína portadora de ferro que dá ao sangue sua aparência vermelha e carrega o oxigênio através do corpo. A contagem diminuída de glóbulos vermelhos é chamada de anemia. A anemia pode ser temporária ou permanente e pode ser causada por vários fatores incluindo dieta deficiente em ferro, hereditariedade, doenças da medula óssea e doenças crônicas. Alguns sintomas comuns de anemia são fadiga, palidez, dor de cabeça, dificuldade para respirar e dor no peito.

Contagem elevada de glóbulos vermelhos

Policitemia, ou contagem elevada de glóbulos vermelhos, usualmente é assintomática porém pode causar fraqueza, hematomas, dor articular, dor abdominal e coceira. Excesso de glóbulos vermelhos podem ser produzidos para compensar os níveis reduzidos de oxigênio devido a problemas respiratórios ou cardíacos. A policitemia pode também ser causada por tabagismo, exposição a dióxido de carbono, desidratação e câncer de rim.

Contagem de plaquetas

As plaquetas não são células sanguíneas verdadeiras, elas são fragmentos de células da medula óssea. Elas são menores que os glóbulos vermelhos e brancos e ajudam a coagular o sangue. Uma contagem baixa de plaquetas é chamada de trombocitopenia. Os sintomas incluem hematomas excessivos, sangramento na gengiva, sangramento prolongado após lesões, sangue na urina ou nas fezes e sangramentos menstruais muito intensos. Ela pode ser causada por doenças autoimunes, medicamentos anticoagulantes e infecções bacterianas graves. Uma forma leve pode ocorrer também durante a gravidez.

A contagem elevada de plaquetas é chamada de trombocitose. Isso geralmente não produz sintomas e o maior perigo é que isso tem o potencial de causar coágulos sanguíneos. Os coágulos sanguíneos podem percorrer através do corpo e entrar nos pulmões ou no cérebro, possivelmente causando o óbito. Essa condição pode ser tratada com anticoagulantes.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível