Por que alterações súbitas no clima causam doenças?

Escrito por ashley mackenzie | Traduzido por marina pastore
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Por que alterações súbitas no clima causam doenças?
Mudanças bruscas no clima podem causar sintomas de gripe (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Toda mudança no clima faz com que uma nova leva de pessoas vá ao médico. Mas essas doenças são reais ou imaginárias? Alguns afirmam que a ideia de que o clima causa doenças não é verdade — e podem estar certos. As pessoas ficam doentes por causa de bactérias e de um sistema imunológico fraco, não pela temperatura, mas mudanças climáticas podem causar sintomas tão irritantes quanto a própria doença.

Outras pessoas estão lendo

A teoria

O clima por si só não pode deixar uma pessoa doente, mas mudanças no clima são acompanhadas por uma série de outras transformações, que podem deixar uma pessoa com os sintomas da gripe. Seu corpo está acostumado a funcionar em uma certa temperatura; então, à medida em que as estações mudam, ele é forçado a se readaptar. Isso inclui seu sistema imunológico, deixando-o mais vulnerável a infecções e vírus.

Conceitos errados

Quando uma tempestade tropical acontece, ela pode fazer com que as pessoas se sintam doentes. Por que um banho quente não causa o mesmo? O motivo é que não são a chuva ou a temperatura isoladamente que trazem infecções. O tempo frio deixa as pessoas com o nariz escorrendo, mas não resfriadas; e tomar chuva pode dar calafrios, mas não febre. Embora o clima não resulte diretamente em doenças, os sintomas que ele causa podem fazer com que as pessoas se sintam mal assim mesmo.

Exemplo

Então, por que uma tempestade faz com que as pessoas se sintam doentes? Quando uma tempestade acontece, ela causa uma queda na pressão atmosférica, o que pode levar a sintomas como enxaquecas. Seu corpo aprende a funcionar sob certa pressão; uma mudança nela pode causar estragos ao seu sistema. É por isso que as pessoas sofrem de doenças pela altitude e descompressão e, durante uma tempestade, pode ocorrer o mesmo.

Os fatos

Tempo frio significa mais atividades dentro de casa. Quando as pessoas ficam confinadas dentro de quartos juntas e com as janelas fechadas, os germes podem se espalhar mais facilmente. As pessoas não respiram tanto ar fresco quanto em climas mais quentes e podem não estar tão aptas a se exercitar no frio.

Por outro lado, clima quente significa mais atividades externas, o que pode fazer com que alergias se manifestem. O pólen no ar frequentemente agrava problemas respiratórios, irritando distúrbios preexistentes, como asma, ou causando novos problemas. A desidratação pode levar a dores de cabeça e insolação. Esses problemas levam as pessoas ao médico tanto quanto os casos de gripe e resfriado, no inverno.

Prevenção

Nutrição, exercício e higiene podem fortalecer o sistema imunológico enquanto o clima muda. Consumir vitamina C suficiente é essencial para lutar contra resfriados. O zinco, encontrado em alimentos como ostras, mariscos e cereais integrais, ajuda o corpo a fabricar mais células-T, que combatem infecções. O exercício diminui os níveis de estresse que tornam as pessoas vulneráveis a vírus e pode aumentar a circulação de células necessárias para o combate a infecções. Por fim, em todas as temperaturas, lavar as mãos com frequência pode evitar a propagação das bactérias que causam doenças.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível