Alternativas católicas para não se separar

Escrito por nicole palmby | Traduzido por laura louzada
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Alternativas católicas para não se separar
A Igreja Católica oferece ajuda para casais em crise (Pixland/Pixland/Getty Images)

Quase todo casal tem crises em determinado momento, e para os católicos isso pode ser não só um dilema pessoal, mas moral, também. A Igreja Católica costuma se opor à separação e ao divórcio, então, se você estiver tendo problemas matrimoniais, pode haver a sensação de que sua única opção é ficar preso em um relacionamento sem amor. No entanto, ela oferece formas de conciliar casais que estão passando por problemas e precisam melhorar sua relação.

Outras pessoas estão lendo

Aconselhamento conjugal

Buscar ajuda de um conselheiro católico é uma maneira de reparar um casamento em crise. Muitas paróquias e dioceses católicas têm aconselhamento à disposição, ou você pode marcar um horário com o seu padre. Muitos casais se beneficiam de ter uma pessoa neutra para ajudá-los a falar sobre seus problemas e suas frustrações. Com o auxílio de um conselheiro católico ou de um padre, você terá certeza de que o seu aconselhamento segue os ensinamentos da Igreja Católica.

Retiro para casais

Muitas paróquias e dioceses oferecem retiros destinados aos casais que estão tendo problemas conjugais. Fugir para um retiro irá ajudá-los a se concentrarem um no outro, a resolver seus problemas e a reconectar o seu casamento e a sua fé. Sair do ambiente em que os problemas surgiram pode ajudar a dar-lhes uma nova perspectiva sobre seus problemas.

Nulidade matrimonial

A nulidade matrimonial é uma possibilidade que os católicos têm para se separar com a intenção de divórcio. Esse é um processo complexo, que pode levar mais de um ano para ser terminado e tem requisitos rigorosos para a conclusão. O Tribunal Eclesiástico decide se um elemento essencial para o sacramento do matrimônio estava faltando no dia do casamento. Se for concedida, o casamento não está dissolvido. Ao contrário, é como se nunca tivesse acontecido. Depois disso, ambos estão livres para se casar de novo na Igreja.

Permissão de separação

A Igreja Católica ensina que a separação é permitida em certas circunstâncias. Se um dos cônjuges comete adultério ou se torna infiel, o marido e a mulher podem se separar. Ou, se um dos cônjuges é chamado para a vida religiosa, eles podem se separar, e o outro fica livre para se casar novamente. O abuso é outra razão pela qual a Igreja permite a separação. Se um casal se separa por um desses motivos, pode geralmente pedir também a nulidade de um tribunal. É recomendado que você fale com o seu padre, se acha que tem motivos para a separação de seu esposo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível