Alternativas às drogas anticoagulantes

Escrito por robin reichert | Traduzido por josciel sousa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Alternativas às drogas anticoagulantes
Existem algumas ervas com propriedades anticoagulantes (Comstock Images/Comstock/Getty Images)

Drogas anticoagulantes são geralmente prescritas por um médico para ajudar a prevenir a coagulação em seu sangue. Essas drogas são prescritas comumente para combater a formação de embolismo pulmonar, trombose venosa profunda, condições cardiovasculares e derrames. Existem algumas ervas naturais que podem ser consumidas como alternativas às drogas anticoagulantes.

Outras pessoas estão lendo

Ervas anticoagulantes

No "The New Healing Herbs", Michael Castlemen explica que existem várias ervas que oferecem propriedades anticoagulantes. Alguns incluem alho, gengibre, cúrcuma e salgueiro branco. Castlemen alerta que, caso tenha uma cirurgia planejada, você deve parar de usar remédios de ervas por, pelo menos, 14 dias antes de seu procedimento para prevenir sangramento excessivo e problemas com a cicatrização e a recuperação.

Alho

O alho, quando consumido regularmente como um suplemento, ajuda a controlar os níveis de colesterol, diminui a agregação plaquetária para melhorar o fluxo sanguíneo e ajuda a reduzir a sua pressão sanguínea. Essa erva não deve ser consumida se você estiver usando aspirina, Plavix, indometacina, warfarina ou dipiridamol; ela pode intensificar os efeitos dos medicamentos. Consuma cápsulas de alho em uma dosagem de dois comprimidos de 200 miligramas três vezes por dia para ajudar a diluir o sangue e prevenir a coagulação sanguínea.

Gengibre

O consumo de gengibre também naturalmente te fornece agentes anticoagulantes. O gengibre ajuda a controlar os níveis de colesterol, desacelera o processo de coagulação sanguínea e protege os vasos sanguíneos do desenvolvimento de bloqueios que podem levar a problemas cardiovasculares. Não existe indicação de que o uso de gengibre intensifica as propriedades dos anticoagulantes prescritos, porém é preciso ser cauteloso e consultar um médico. Você pode tomar 2000 miligramas de gengibre por dia, divididos em doses de 500 miligramas quatro vezes por dia para ajudar a prevenir os problemas de coagulação sanguínea.

Cúrcuma

Cúrcuma é uma erva que contem curcumina, que ajuda a diminuir a inflamação e impedir que as plaquetas se agreguem uma às outras. A cúrcuma também tem antioxidantes , que promovem o crescimento celular saudável. Você pode consumir 600 miligramas de cúrcuma em forma de cápsulas três vezes por dia para evitar os problemas de coagulação sanguínea.

Salgueiro branco

O salgueiro branco têm agentes diluidores de sangue naturais e não deve ser usado junto com medicamentos anticoagulantes prescritos. Essa erva pode ser consumida em forma de chá três a quatro vezes por dia, imergindo uma ou duas colheres de chá de casca seca em 250 mL de água quente por um período de 15 minutos. Você pode também consumir 240 miligramas dessa erva em cápsulas diariamente.

Medidas de segurança

Todas as ervas listadas tem propriedades anticoagulantes naturais. Eles provavelmente não devem ser usados se você já estiver tomando anticoagulantes; eles podem intensificar os efeitos desses medicamentos. Na dúvida, fale com seu médico antes de consumir qualquer remédio a base de plantas para evitar interações medicamentosas potencialmente perigosas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível