Como fazer alvéolos de cera para a enxertia de abelhas-rainha

Escrito por peg robinson | Traduzido por mariana munhoz
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer alvéolos de cera para a enxertia de abelhas-rainha
Favo (Comstock/Comstock/Getty Images)

Criar larvas em um alvéolo para abelhas-rainha e depois colocá-las em uma colmeia sem rainha para que as operárias as alimentem até virarem novas rainhas é um método comum usado por apicultores, profissionais ou não, para a criação de novas rainhas jovens. A técnica, chamada enxertia, ajuda a garantir a presença de rainhas saudáveis com material genético desejado. Enquanto alvéolos pré-fabricados para enxertia estão disponíveis no mercado, muitos apicultores preferem produzir seus próprios alvéolos. A técnica é relativamente simples.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Cavilha de madeira-de-lei com 0,7 cm de diâmetro (pelo menos uma)
  • Cera de abelha (o suficiente para se conseguir uma espessura de 1,25 cm)
  • Fonte de temperatura ajustável
  • Copo de água quente
  • Copo de água gelada
  • Prato

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Mantenha o feitio dos alvéolos de cera fácil, entendendo três elementos básicos de modelagem. O primeiro é o uso da cavilha feita de madeira-de-lei para a submersão: as madeiras-de-lei têm um acabamento mais liso e não absorvem a cera, impedindo que a cera grude também na vara usada para mergulhar a peça. A forma (como um copo invertido, com o topo mais largo que o fundo) aumenta a facilidade da remoção, fazendo com que deslize sobre a vara sem atrito prolongado. Mergulhar a vara em água ajuda na absorção da cera e cria uma camada lubrificante entre a madeira e a cera. Esse três aspectos, combinados com resfriamento posterior, tornam a remoção dos alvéolos possível sem estragar o produto.

  2. 2

    Mergulhe a ponta da sua cavilha em água. Água quente penetra a madeira mais rapidamente, deixando-a mais resistente contra a absorção da cera. Coloque a madeira na água pelo menos meia hora antes de usar.

  3. 3

    Aqueça a cera de abelha até derreter. Se você estiver usando um aparelho que possa ser programado para uma temperatura específica, o ponto de derretimento da cera de abelha é 64º C. Existem diversas maneiras para se derreter a cera. Você pode usar uma panela elétrica, ou, se você for mais cauteloso, use banho-maria. Qualquer que seja o método escolhido, você deverá ter espaço o suficiente para mergulhar a sua cavilha na cera derretida e removê-la sem tocar as laterais do recipiente.

  4. 4

    Mergulhe 1 cm da ponta da cavilha na cera quente. Remova e espere esfriar por alguns momentos. Mergulhe novamente, deixe esfriar alguns segundos e mergulhe de novo. Mergulhe a ponta coberta de cera no copo de água com gelo por alguns segundos até que a cera esteja completamente resfriada.

  5. 5

    Remova seu novo alvéolo de cera da ponta da cavilha sem fazer muita pressão, girando levemente a peça. Coloque a peça em um prato para secar.

  6. 6

    Continue o processo até conseguir o número de alvéolos de que você precisa para a enxertia, e faça alguns a mais de reserva.

Dicas & Advertências

  • Lembre-se de que a madeira-de-lei, a água e o formato da cavilha ditam a facilidade de remoção do alvéolo.
  • Mantenha a cera na temperatura mais baixa possível que a mantenha líquida. Isso deixa mais rápido o processo entre os mergulhos e durante o resfriamento.
  • Alguns apontadores de lápis são grandes o suficiente para usar na modificação da sua cavilha. Essa é uma maneira simples de se conseguir o formato desejado se você não quiser fazer à mão e não tiver ferramentas apropriadas.
  • Alvéolos de cera, mesmo quando feitos corretamente, são frágeis. Manuseie com cuidado para evitar amassar ou rachar.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível