Amor não correspondido e depressão

Escrito por melissa skepko | Traduzido por débora santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Amor não correspondido e depressão
Um coração partido pode se transformar em depressão? (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

A rejeição romântica pode causar a miséria até para a pessoa mais autoconfiante. Mas às vezes esse tormento assume uma vida própria. Há diferenças notáveis entre uma saudável melancolia e fossos profundos de depressão, mas os sintomas podem ser ignorados por tempo demais. Preste atenção à sua montanha russa emocional. É saudável se sentir triste depois de um término ou de um namoro mal sucedido. Afinal de contas, as emoções foram feitas para serem sentidas. Ainda assim, se você se encontrar evitando os seus amigos e se afogando em pensamentos destrutivos, suas emoções negativas podem ser mais do que algo que você pode lidar sozinho.

Outras pessoas estão lendo

Amor não correspondido?

O amor não correspondido é um amor que não é recíproco. Uma mãe pode experimentar um amor não correspondido por parte da sua filha ressentida que se recusa a visitá-la; um amigo pode sentir um amor que não é retribuído por outro amigo. No entanto, o termo é mais comumente usado em associação a relacionamentos românticos e com o sofrimento que alguém sente quando os sentimentos românticos não são retribuídos.

Apesar das nossas tentativas para evitar isso, os pensamentos de amor não correspondido estão por toda parte. Existem milhões de representações disso na cultura pop. A música e outras formas de arte tentem a romantizar a depressão dos apaixonados e isso pode aumentar as nossas expectativas.

Isso é depressão?

Qualquer um pode sofrer de depressão, mas o diagnóstico é difícil. Os que sofrem disso muitas vezes sentem vergonha de assumir porque não querem parecer fracos; no entanto, os sintomas podem se tornar debilitantes se forem ignorados. Segundo a Fundação Internacional para a Pesquisa e Educação sobre Depressão (iFred), a depressão não só obscurece a mente com pensamentos ruins, mas também enfraquece o corpo. Ter problemas em se alimentar ou ser fisicamente incapaz de levantar da cama de manhã, são apenas dois dos muitos comuns sintomas da depressão.

Diminuindo os riscos

Quando o amor não é recíproco, um dos nossos primeiros instintos é entorpecer os nossos sentimentos. Por essa razão, o amor não correspondido leva ao aumento do uso de álcool e de droga. Em fevereiro de 2008, David Brendal, médico do hospital McLean, disse ao ABC News que auto medicar-se com álcool, maconha ou cocaína serve como uma solução rápida para os problemas maiores. Isso pode trazer um alívio temporário, mas intensifica todos os problemas de forma geral. Ressacas e sintomas de abstinência podem prolongar o estado mental deprimido e piorar os sintomas.

Isso pode ser curado?

Os estudos do iFred relatam que a depressão é curável em 80% dos casos. No entanto, este valor se baseia no pressuposto de que o doente está buscando ajuda. Depois de uma crise por um amor não correspondido, pode demorar algum tempo para um apaixonado perturbado se recuperar do relacionamento fracassado. Falar com um médico pode ajudar a quebrar com os sintomas e acelerar o processo de cura.

Se recuperar de um amor não correspondido pode ser uma experiência desagradável. Ninguém quer viver na dor, mas é bom analisar eventos angustiantes das nossas vidas com profissionais da saúde experientes. Isso faz com que seja mais fácil se manter positivo e ir em frente com perspectivas futuras de amor com uma visão saudável do mundo.

Amor não correspondido e depressão
Procurar ajuda pode aliviar a dor (the man waits for the beloved at restaurant. image by Slyadnyev Oleksandr from Fotolia.com)

Compartilhe o amor

O amor não correspondido ou correspondido é uma experiência de aprendizagem. Se você teve uma depressão depois de um término ou observou amigos se tornarem vítimas dessa doença, você reconhecerá os sintomas. A organização SAVE, fundada para ajudar a prevenir o suicídio e aumentar a conscientização sobre a depressão, afirma que a discussão sobre a depressão é reprimida devido a estigmas sociais que a rodeiam. Os que sofrem de depressão têm medo de parecerem fracos e não querem falar sobre isso. Encoraje aqueles que você ama a conversarem com alguém e a não menosprezarem as suas emoções. O amor não correspondido pode causar um espiral emocional para baixo em qualquer pessoa. A consciência da depressão pode reduzir as taxas de suicídio e tornar nossas vidas mais saudáveis e felizes.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível