O que é amostragem PPT?

Escrito por harvey sells | Traduzido por diego feijo cabral silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que é amostragem PPT?
A probabilidade proporcional ao tamanho permite que os pesquisadores entendam os efeitos das amostras de tamanhos diferentes (statistic image by Soja Andrzej from Fotolia.com)

A amostragem é um método de pesquisa em que subgrupos são selecionados a partir de um grupo maior conhecido como população-alvo. Os subgrupos ou amostras são estudados; se a amostra é escolhida corretamente os resultados podem ser usados para representar a população-alvo. A probabilidade proporcional ao tamanho (PPT) leva em consideração amostras de tamanhos variados. Isto ajuda a evitar a sub-representação de um subgrupo em um estudo, produzindo assim resultados mais precisos.

Outras pessoas estão lendo

Probabilidade proporcional ao tamanho

Quando amostras de subgrupos de tamanhos diferentes são usadas e a amostragem é realizada com a mesma probabilidade, as chances de se selecionar um membro de um grupo grande são menores do que a seleção de um membro de um grupo menor. Isto é conhecido como probabilidade proporcional ao tamanho (PPT). Por exemplo, se uma amostra tem 20.000 membros, a probabilidade de um membro ser selecionado seria de 1/20000, ou 0,005%. Se a outra amostra tem 10.000 membros, a chance de um membro ser selecionado seria de 1/10000, ou 0.01%.

Classificação dos métodos de amostragem

Os métodos de amostragem são classificados como probabilísticas ou não-probabilísticas. As amostras não-probabilísticas são selecionadas de maneira não-aleatória, mas com uma probabilidade desconhecida de que um membro específico da população seja selecionado. As amostras probabilísticas têm uma conhecida probabilidade não nula de serem selecionadas.

Erro de amostragem

Pode haver uma diferença entre os resultados obtidos com o uso da amostra e a população-alvo. Esta diferença é conhecida como erro de amostragem. A amostragem não pode ser medida em estudos não-probabilísticos, mas pode ser medida na amostragem probabilística. Os resultados do estudo incluem uma margem de erro para mais ou para menos.

Ponderação

Se o tamanho da amostra não pode ser equalizado, um fator ou peso pode ser usado para equalizar a relativa importância de um membro no estudo. Se o exemplo das amostras tem 10.000 membros e são usados 20.000 membros, um elemento da amostra de 10.000 pode ser multiplicado por 1X, enquanto que um membro da amostra de 20.000 pode ser multiplicado por 2X. Isto resultaria em um valor ou peso igual para cada membro, apesar da diferente probabilidade dos membros serem selecionados. O enviesamento de amostragem é o resultado da subrepresentação de um subgrupo em um estudo, devido ao seu tamanho pequeno; a ponderação pode ser usada para reduzir este viés. A PPT é autoponderada, graças à diferença de tamanho da amostra.

Amostragem por conglomerados

Mesmo quando a PPT é usada, existe a necessidade de um método para dividir uma população-alvo em subgrupos. Os membros dos subgrupos podem ser selecionados pelas condições preexistentes, tais como a associação a algum grupo. Esta prática é conhecida como amostragem por conglomerados.

Combinando métodos de amostragem

A PPT pode ser combinada com outros métodos de seleção de amostras. Por exemplo, a amostragem por conglomerados pode ser utilizada quando os membros de subgrupos já foram designados a um subgrupo tal como uma unidade militar, por exemplo. Assim, a estratificação poderia ser utilizada de forma que a demografia, como a classe, fosse distribuída igualmente. Por fim, a amostragem aleatória simples (AAS) pode ser utilizada para evitar o viés de amostra; dessa forma, a PPT pode ser usada para o estudo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível