Mais
×

Qual é a amperagem média de uma geladeira?

Atualizado em 17 abril, 2017

Amperagem é a medida da força da corrente elétrica que determina a taxa de amperes da caixa de força, que, por sua vez, desarmará os disjuntores caso essa corrente seja excedida. As geladeiras costumam ser as segundas maiores consumidoras de energia em casa, ficando atrás apenas de aparelhos de ar-condicionado, mas a amperagem delas é bastante pequena, principalmente nos modelos com maior eficiência energética.

Os modelos mais modernos usam correntes com menos amperes (Jupiterimages/Creatas/Getty Images)

Baixa eficiência de amperes

A maioria das geladeiras são de 120V e usam uma corrente (ampere) entre 0,75 e 4 amperes. Usando a fórmula da lei de Ohm (watt = volts x amperes), o resultado obtido é de 90 watts/minuto (0,75 amperes) para modelos de maior eficiência energética e de 480 watts/minuto nos modelos menos eficientes, que costumam ser os mais antigos.

Cálculos

O "Guia de Utensílios" do site ConEdison observa que 1 kilowatt/hora (kWh) costuma bastar para operar uma geladeira normal de 40 cm³ por dez horas, enquanto outros modelos podem funcionar por 11. Os dois eletrodomésticos são 120V, mas, assim como todas as outras geladeiras, eles não usam energia elétrica o tempo todo. Uma geladeira eficiente, que funcione com 0,75 amperes e a 120V, só precisaria funcionar por 11 minutos desse tempo, de acordo com os dados do site, desde que esteja com a função de fazer gelo não ativada.

Diferenças

Quanto maior a eficiência por meio de componentes e sensores eletrônicos, menor será a corrente necessária para ligar a geladeira. De acordo com o site Saving Electricity, os modelos de antes de 1986 usavam 1.400 kWh por ano, em contraste aos 350 kWh que os modelos atuais usam. As pessoas se interessam mais por saber como os modelos com o padrão Energy Star se relacionam ao custo com eletricidade, e isso só ocorre porque a corrente (amperes) necessária também é consideravelmente menor e tem a mesma eficiência.

Economias devido à troca

A Saving Electricity estima que, ao substituir um modelo de 4 amperes por um mais eficiente, de 0,75, a compensação financeira pode vir dentro de três anos. Para chegar ao tempo exato, é preciso subtrair o consumo do modelo mais novo pelo do mais antigo. Esse número deve ser multiplicado pelo valor do kWh praticado na sua região. O valor obtido será a economia feita em um mês com a troca do refrigerador.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article