Como analisar amostras utilizando FTIR

Escrito por dragos lucian cade | Traduzido por joanna riva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como analisar amostras utilizando FTIR
A espectroscopia expande espectros muito além da luz visível (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

O FTIR, ou Espectroscopia no Infravermelho por Transformada de Fourier, é uma técnica utilizada para analisar o espectro de absorção de determinados líquidos, sólidos ou gases. A vantagem do FTIR em relação à espectroscopia padrão é a habilidade de se coletar dados através de um amplo espectro, ao invés de um estreito. Felizmente, analisar amostras utilizando FTIR é tão simples como qualquer outra forma de análise espectral.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Equipamento de FTIR
  • Software de espectroscopia FTIR
  • Lenços de papel
  • Acetona

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Ligue o computador que você utilizará para coletar os dados e a aparelhagem de FTIR.

  2. 2

    Limpe o suporte de amostras com acetona. Isto geralmente é feito utilizando lenços de papel macios que são delicados e não os riscam.

  3. 3

    Abra o software de espectroscopia instalado no computador.

  4. 4

    Configure os parâmetros para o teste, geralmente feito ao se utilizar o botão de configurações do instrumento. Nesse menu, digite o nome da amostra e a faixa que você vai analisar.

  5. 5

    Colete a leitura de um "branco" no suporte de amostra. Isto geralmente é feito ao se pressionar os botões "background" ou "blank" no software de espectroscopia.

  6. 6

    Coloque a amostra no suporte e clique em "start" para coletar o espectro.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível